notícias

Recém-nascido se torna paciente mais jovem com Covid-19 em Irati

Criança apresentou os primeiros sintomas com apenas sete dias de vida. Uma outra pessoa da família também foi diagnosticada com a doença

Foto: Pixabay/Reprodução

Nesta quinta-feira, 15, o Departamento de Vigilância Epidemiológica de Irati confirmou o caso mais jovem de coronavírus no município desde o início da pandemia. Um recém-nascido foi diagnosticado com a doença. Ele apresentou os primeiros sintomas da infecção com apenas sete dias de vida.

Segundo a secretaria de Saúde, a criança passa bem e teve apenas sintomas leves, como nariz trancado e espirros. Uma outra pessoa da família também foi infectada. “Com essa notícia, queremos relembrar os cuidados de prevenção tanto de Covid-19 quanto de tantas outras doenças que nos permeiam. Caso algum residente da mesma casa apresente sintomas gripais, evitar o manuseio da criança e o contato direto com a mãe, visto que ambos são grupos de risco nesse momento. Se tiver que se aproximar, que seja usando máscara adequadamente e sempre lavando as mãos antes. Evitar receber visitas e manter a casa ventilada”, solicita o Departamento de Vigilância Epidemiológica.

Quer receber notícias locais?

Irati registrou quatro novos casos de coronavírus nesta quinta-feira, 15. A cidade totaliza 394 pessoas infectadas desde março. 367 moradores já se recuperaram da doença. Dezesseis iratienses permanecem em isolamento domiciliar e uma pessoa está internada em leito de enfermaria. Vinte e seis moradores aguardam resultado dos exames e dez faleceram por complicações causadas pela infecção. 

Até agora, 228 mulheres e 166 homens tiveram Covid-19 em Irati. O maior número de casos continua sendo registrado em pessoas entre 30 e 39 anos com 91 confirmações. 81 casos foram registrados entre 40 e 49 anos. 59 pessoas foram contaminadas entre 20 e 29 anos. 46 moradores contraíram a doença entre 50 e 59 anos. Mais 32 jovens entre 10 e 19 anos tiveram coronavírus. 28 casos foram confirmados entre 60 e 69 anos. 21 crianças entre 0 e 5 anos foram diagnosticadas com a doença. Outros 18 iratienses foram contaminados entre 70 e 79 anos. Dez casos foram registrados em crianças entre 6 e 9 anos e oito em pessoas com 80 anos ou mais.