notícias

Professor explica que tipos de árvores podem ser plantadas na beira de rios

Assunto foi abordado no "Meio Dia em Notícias" depois que uma ouvinte questionou que espécies podem ser plantadas. O plantio de árvores não nativas pode ser prejudicial ao ecossistema

Imagem do Rio das Antas ao lado do estádio Coronel Emílio Gomes. Foto: Jussara Harmuch

O cultivo de plantas na beira de rios tem várias funções para o ecossistema da região, uma das mais importantes é servir como filtro biológico de nutrientes e demais substâncias poluentes, além de proteger a vegetação e evitar o assoreamento de rios. Com o desmatamento e o avanço da agricultura, o reflorestamento na beira de rios e nascentes está cada vez mais em evidência, mas não é recomendado plantar qualquer espécie de árvore nestes locais, pois o plantio de espécies não nativas pode prejudicar ainda mais a natureza.

Em entrevista à Najuá, o Professor do Colégio Florestal, Elisson Girardi, explicou quais árvores podem ser utilizadas para o reflorestamento de beira de rios e áreas alagadas. Ele deu dicas também de como conseguir mudas de árvores gratuitamente em Irati. “Existe o Código Florestal Brasileiro que diz que em beira e nascentes de rios é uma APP, ou seja, uma Área de Preservação Permanente. Então ali só podem ser plantadas espécies nativas da nossa região. Por exemplo, a araucária, a erva-mate, a imbuia, e a açoita. Não se deve plantar árvores exóticas, como pinus, eucalipto, uva-do-japão, entre outras. Isso é diferente da reserva legal, onde os agricultores são obrigados a manter um fragmento de mata, onde ali sim, eles podem ter um percentual de árvores exóticas”, explica Elisson.

Quer receber notícias locais?

O professor lembra que antes da pandemia do novo coronavírus, os alunos do Colégio Florestal ajudavam a distribuir mudas de árvores e orientavam sobre o manuseio e plantio. “No Colégio Florestal, a gente tem um trabalho social, em um ano normal, onde o colégio distribui mudas de árvores nativas e exóticas, com nossos alunos ajudando e educando o povo da forma correta do plantio”, destaca.

Durante a pandemia, a produção de mudas de árvores exóticas e nativas foi interrompida no colégio, mas o professor explica como o interessado pode conseguir as plantas sem custo em Irati. 

Se for pouca quantidade, você pode entrar em contato comigo ou com a direção do colégio que a gente consegue. Como não está havendo aulas, a gente não está produzindo mais nada por enquanto. Um outro local que dá para conseguir mudas de graça é no IAP, ali perto do Parque Aquático, que provavelmente eles vão conseguir

Já a respeito das aulas durante o isolamento social que impedem os alunos de se deslocarem até à escola, o professor explica que o Colégio Florestal está seguindo o calendário da Secretaria da Educação e do Esporte com aulas on-line. “Nós estamos seguindo o calendário da SEED, que é pelo Governo do Estado, e as aulas estão sendo via Google Classroom. Nossos professores, nas aulas práticas, estão indo até ao Colégio Florestal, onde a gente está gravando vídeos e esses vídeos são encaminhados para os alunos para que eles tenham uma noção de como seria na prática”, relata.

A gente tem a grata satisfação de ter recebido a notícia que a nossa escola está super bem ranqueada na prova do IDEB [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica]. No ensino médio, a nossa escola é a número 1 das escolas estaduais. Então o nosso trabalho lá está sendo muito bem feito, apesar de ser à distância

Interessados em adquirir mudas de árvores exóticas e/ou nativas, podem verificar a disponibilidade através do telefone do Colégio Florestal: (42) 3423-2511; ou ainda comparecer na Avenida Paraná, número 1000, na Vila São João.

Texto: Lenon Diego Gauron