Publicidade Topo

notícias

Artistas de Irati podem se inscrever para receber auxílio da Lei Aldir Blanc

Três editais foram abertos para artistas locais e empresas culturais afetados pela pandemia do coronavírus. Inscrições acontecem até o dia 20 de novembro

Foto: Divulgação

Artistas locais e empresas culturais afetadas pela pandemia do coronavírus tem até o dia 20 de novembro para se inscrever em editais para auxílio, abertos pela prefeitura de Irati. Ao todo, serão disponibilizados R$ 446 mil em recursos provenientes do Governo Federal, por meio da Lei Aldir Blanc.

São três editais abertos. “Um é para as empresas que tiveram suas atividades interrompidas por causa do Covid-19 e que trabalham com cultura. Os outros dois editais são editais para os nossos artistas, que são os editais de fomento”, explica a diretora do Departamento de Turismo da prefeitura, Darieli da Silva Gryczak Lubczyk. 

Os editais incluem artistas locais, como os que participam de bandas, e também microempreendedores individuais que trabalham no ramo da cultura, como professores de música, cantores, bandas, DJs, fotógrafos, grupos culturais como o grupo de Teatro São Francisco de Assis, ou empresas e entidades culturais, como Clube de Comércio e Academia de Letras, Artes e Ciências do Centro Sul do Paraná (ALACS). 

Quer receber notícias locais?

Estão cadastrados na Secretaria, 56 artistas e 30 empresas do ramo cultural. “Os que ainda não tem o cadastro é só vir na Secretaria até o dia 20/11 que estamos fazendo o cadastro”, conta. 

Não podem participar dos editais funcionários públicos de Irati ou comissionado, e parentes até terceiro grau deles; membros do Conselho Municipal de Cultura, sejam eles titulares ou suplentes até terceiro grau; nem espaços culturais mantidos pelo município ou que recebam verbas do município para manutenção de custeio, como é o caso do CEU das Artes.

Inscrições

As inscrições para o auxílio deverão ser feitas presencialmente na sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, localizada na Travessa Frei Jaime, nº 40, 2º andar, centro (prédio da ACIAI, na Rua da Cidadania).

Em cada edital, haverá uma documentação específica, mas de modo geral, alguns documentos requisitados são o RG, CPF, comprovante de residência e certidões negativas. A equipe da Secretaria ajudará as empresas e artistas que tenham alguma dificuldade com a documentação. “Nós aqui da Secretaria de Desenvolvimento Econômico estamos inteiramente à disposição de todos os artistas do nosso município para tirar todas as certidões para eles”, disse Darieli. 

A diretora alerta que quanto mais cedo for realizada a inscrição, mais possibilidade de garantir o recebimento do auxílio. “Se caso as inscrições, quando abrirmos no dia 27, tiver um número muito grande, pode ser que o recurso acabe logo no início. Quanto antes vierem fazer as inscrições, mais garantia de conseguir receber o recurso”, afirmou Darieli. Os pagamentos serão feitos por ordem de inscrição.

Editais

O Edital nº 032/2020 é destinado para espaços artísticos e culturais, microempresas e pequenas empresas culturais, cooperativas, entidades, instituições e organizações culturais comunitárias. 

Serão disponibilizados R$ 178 mil para projetos neste edital. “No edital nº 32, que é para empresas e espaços culturais, é um subsídio mensal. Vai depender do porte da empresa, se será em uma, duas ou três parcelas e qual o valor que será em cada parcela. Esse, que é o edital 32 para subsídio, é para a manutenção do espaço. É para empresas que estão com suas atividades interrompidas por causa do Covid-19 e que precise de auxílio para pagar despesas de manutenção de espaço. Eles terão depois que prestar contas do que foi pago com esse dinheiro, tem que entregar também um projeto de contrapartida para o município que vai ser feito com escolas municipais”, explica. 

No Edital nº 033/2020, os recursos serão disponibilizados para projetos de cultura digital que terão exibição no meio on-line. O edital contempla diversas áreas como artes plásticas, artes visuais, música e literatura. 

As gravações dos projetos culturais deverão ter no mínimo 15 minutos e no máximo duas horas de duração. “O CEU das Artes está com o espaço aberto para que possam fazer as gravações lá, porque lá nós temos um estúdio de cinema, com mesa de som, tem o Cassiano que é o rapaz responsável por essa mesa que vai auxiliar qualquer artista do nosso município que precise de auxílio e espaço para gravar seu material que pode desde videoaula a shows, apresentações, performances, a critério do artista”, disse. 

O local não disponibiliza edição, mas segundo a diretora, os projetos não necessariamente requerem edição. “O material que pedimos é um material simples. Ele não precisa ser gravação em Full HD, pode ser gravação com celular que dê para ouvir e ver bem o artista. Nós não pedimos uma gravação e som de cinema. Não precisa de grandes edições”, comentou a diretora do Departamento de Turismo. 

Neste edital, serão disponibilizados R$ 215 mil em até 80 projetos. Cada projeto poderá receber R$ 2 mil, R$ 3 mil ou R$5 mil. “Dependerá o porte do projeto que será o valor”, explica. O valor será pago para a pessoa que entrou com a documentação. No caso de grupos ou bandas, o dinheiro terá que ser dividido pelos próprios integrantes.

O Edital nº 034/2020 é destinado à aquisição de equipamento e bens para a produção cultural. “É para aquisição de vestimenta, artefatos, artesanatos, produtos de teatro, roupas para coral, CTG que precisa de alguma ornamentação ou até mesmo aquele artista no município que perdeu seu instrumento, precisou vender para custear esse tempo de muita dificuldade. Ele pode entrar com pedido, justificando que devido à pandemia precisou vender os seus instrumentos e equipamentos e que precisa do recurso para adquiri-los novamente”, explicou. 

Neste edital, podem participar grupos que costumavam fazer algum bingo ou festas para arrecadação de manutenção do grupo. Serão R$ 53 mil distribuídos em até 50 projetos.

Informações

Mais informações sobre os editais, documentação e os processos podem ser obtidos pelo telefone (42) 3907-3030, pelo e-mail desenvolvimentoeconomicoirati@gmail.com e pelo e-mail casadaculturaira@gmail.com , ou pessoalmente na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, sediada na Travessa Frei Jaime, nº 40, 2º andar, centro (prédio da ACIAI, na Rua da Cidadania).

Texto de Karin Franco, com reportagem de Rodrigo Zub e Paulo Sava