Publicidade Topo

notícias

Afubra repassa quase 600 quilos de alimentos para Santa Casa de Irati

Alimentos foram arrecadados durante a campanha MuDá Alimento que teve objetivo de preservar o meio ambiente e incentivar plantio de árvores

Imagem da entrega dos alimentos arrecadados pela Afubra para a Santa Casa de Irati. Foto: Assessoria da Santa Casa de Irati

A Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) repassou 591 quilos de alimentos não perecíveis arrecadados durante a campanha MuDá Alimento para a Santa Casa de Irati. No total, as duas filiais localizadas na região Centro-Sul, nas cidades de Irati e Imbituva, arrecadaram 3.349 quilos de alimentos. As pessoas que doavam os produtos tinham direito de retirar uma muda de árvore nativa.  

“Além da preservação ao Meio Ambiente, esta iniciativa da Afubra trará mais conforto ao nosso hospital e aos pacientes. Toda a equipe Santa Casa agradece ao Gerente da Afubra de Irati, Lazaro Ramon, e todos os colaboradores da empresa que se empenharam nesta ação tão carinhosa e benéfica para o hospital de Irati”, agradeceu a assessoria de imprensa do hospital. 

Na filial de Imbituva foram doados 2.107 quilos de alimentos e entregues 1.815 mudas. Já em Irati, a quantidade de alimentos arrecadados foi de 1.242 quilos e de mudas disponibilizadas atingiu 1.052. 

Quer receber notícias locais?

A Campanha MuDáAlimento – quem doa com amor, planta a esperança, foi finalizada com 27.341 quilos de alimentos arrecadados e 24.176 mudas de árvores nativas repassadas para a população. A ação foi realizada nas lojas da Afubra nos três estados do Sul do País (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná) entre os dias 14 e 30 de setembro. A iniciativa fez parte do projeto Verde é Vida e visava marcar duas datas especiais: início da primavera e o dia da árvore (comemorado em 21 de setembro).

Segundo o vice-presidente da Afubra, Marco Antonio Dornelles, a campanha surpreendeu a direção da empresa. “Objetivo era estender a mão para quem precisa e junto preservar o meio ambiente, ou seja, trocar uma muda de árvore nativa por um quilo de alimento não perecível. Então foi uma ação social de solidariedade levando alimentos a quem precisa e também uma ação ambiental com plantio de árvores nativas. Importante destacar que essa campanha idealizada pelo projeto Verde É Vida começou no início da primavera e também na passagem no dia 21 de setembro, dia da árvore”, afirma Dornelles.

A solidariedade das pessoas e vontade de ajudar quem mais precisa também foi destacada.“Destacamos a solidariedade de muitas pessoas que trouxeram alimento e participaram da campanha mesmo não retirando a muda, pois provavelmente moram em apartamento. É uma coisa que chamou muito atenção a solidariedade das pessoas”, salienta o vice-presidente da Afubra. 

Dornelles ainda destacou as parcerias realizadas nas unidades da Afubra. “Temos que agradecer ao nosso Viveiro Agroflorestal da Afubra, ao Viveiro de Mudas Braço do Norte/SC, ao Viveiro Municipal do Parque Ambiental Irmão Cirilo, da Prefeitura de Francisco Beltrão, ao Horto Municipal de Prudentópolis e à Adama. Mas, também, agradecer aos supermercados, Rotarys, Sindicatos, escolas, grupos de escoteiros, veículos de comunicação e outras entidades e apoiadores. Sem eles, não teríamos alcançado esse sucesso”, comemora. 

A empresa avalia a possibilidade de repetir a campanha em 2021, quando o projeto Verde é Vida completa 30 anos. Conforme o vice-presidente da Afubra, uma das possibilidades é alterar o formato ou até mesmo o período da campanha. 

Doações da Campanha MuDá Alimento:

Agudo/RS- 955 mudas e 1.053 quilos de alimentos

Araranguá/SC- 893 mudas e 1.077 quilos de alimentos

Arroio do Tigre/RS- 1.000 mudas e 1.000 quilos de alimentos

Arvorezinha/RS- 317 mudas e 317 quilos de alimentos

Braço do Norte/SC- 745 mudas e 792 quilos de alimentos

Cachoeira do Sul/RS- 1.000 mudas e 1.000 quilos de alimentos

Camaquã/RS- 1.050 mudas e 1.353 quilos de alimentos

Candelária/RS- 990 mudas e 1.042 quilos de alimentos

Canguçu/RS- 962 mudas e 1.076 quilos de alimentos

Francisco Beltrão/PR- 810 mudas e 1.106 quilos de alimentos

Herval d’Oeste/SC- 993 mudas e 1.025 quilos de alimentos

Imbituva- 1.815 mudas e 2.107 quilos de alimentos

Irati- 1.052 mudas e 1.242 quilos de alimentos

Ituporanga/SC- 1.053 mudas e 1.087 quilos de alimentos

Jaguari/RS- 1.000 mudas e 1.000 quilos de alimentos

Mafra/SC- 1.100 mudas e 1.556 quilos de alimentos

Rio Negro/PR- 1.100 mudas e 1.590 quilos de alimentos

Rio do Sul/SC- 950 mudas e 1.049 quilos de alimentos

Santa Cruz do Sul/RS– Ana Nery- 300 mudas e 350 quilos de alimentos

Santa Cruz do Sul/RS- Matriz- 980 mudas e 1.159 quilos de alimentos

São Lourenço do Sul/RS- 996 mudas e 1.010 quilos de alimentos

São Miguel do Oeste/SC- 1.000 mudas e 1.016 quilos de alimentos

Sobradinho/RS- 1.000 mudas e 1.000 quilos de alimentos

Tubarão/SC- 1.115 mudas e 1.248 quilos de alimentos

Venâncio Aires/RS- 1.000 mudas e 1.086 quilos de alimentos

Da Redação Najuá, com informações da jornalista Luciana Jost Radtke