notícias

PSL de Fernandes Pinheiro decide apoiar candidatura de Rosene Pabis

Empresário do ramo madeireiro, Vilson Pacheco Ramos, o “Pacheco”, decidiu não registrar candidatura para prefeito

Foto: Divulgação

O Partido Social Liberal (PSL) de Fernandes Pinheiro decidiu não lançar candidato para a disputa majoritária na eleição municipal deste ano. O empresário do ramo madeireiro, Vilson Pacheco Ramos, conhecido por Pacheco, havia sido cogitado como pré-candidato a prefeito no período das convenções partidárias. Porém, ele resolveu não registrar sua candidatura e apoiará a chapa encabeçada pelo vereador Eliton Rosene Pabis (MDB), que tem como vice a também vereadora Queila Lovato, da mesma legenda. 

Pacheco, que é o presidente do PSL, disse à Najuá que resolveu não se candidatar neste ano por vontade própria. “Vejo que agora não é o momento. Se Deus me der vida e saúde na próxima [eleição] estarei concorrendo”, afirma. 

 Quer receber notícias locais?

O empresário avalia que a atual gestão municipal está desempenhando um trabalho apenas regular e que a próxima administração deve investir em todos os setores em especial na saúde, educação, setor rodoviário, agricultura e indústria e comércio. “Eu vejo a necessidade de mudança e isso só acontece com camarada honesto e trabalhador valorizando e investindo bem o dinheiro público”, relata Pacheco.

Na disputa proporcional, o PSL terá candidatos que vão concorrer as nove vagas da Câmara Municipal. Os pré-candidatos que já fizeram o registro da candidatura no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) são: Ricardo Ribeiro dos Santos (Bolinha), Cícero Czelusniak (Cícero), Cleberson Gonçalves dos Santos (Clebinho), Emerson José Domingues (Erminho), Juciane do Valle Santos (Juciane do Valle), Lourival Pacondes da Silva Junior (Juninho), Marcos Lovato Dias de Lara (Marcão), Sandro José Ramos (Professor Sandro), Rita da Conceição Chepiloski de Carvalho (Rita da Saúde), Silvia Daiane Scepanski (Silvia), Silvio Nei Domingues (Silvinho) e Wanderleia Pires Joner (Wanderleia).