notícias

Nova joia da base do Santos deu primeiros passos no futebol em Irati

Alison Matheus Camargo (Sapinho) se destacou na equipe Sub-15 do Santos marcando mais gols que Neymar e Gabigol. Atleta assinou vínculo profissional com o time paulista
Alison em ação em jogo contra o Palmeiras. Foto: Gazeta Esportiva
Mais um garoto da base santista desponta com potencial para fazer sucesso no futebol brasileiro. Depois de revelar jogadores como Neymar (PSG/França), Gabriel Barbosa (Gabigol) (Flamengo), Rodrygo (Real Madrid/Espanha), entre outros, nos últimos anos, a nova “joia” do Santos é o atacante Alison Matheus Camargo, de 16 anos. Natural de Ponta Grossa, o jovem deu os primeiros passos no futebol atuando nas categorias de base do Iraty Sport Club. Ele ainda jogou futsal nas escolinhas da Assifusa. Nesse período ficou conhecido pelo apelido de Sapinho pela forma como comemorava os gols.

No fim de agosto, Alison acertou o primeiro contrato profissional com o Santos válido por três anos, prorrogáveis por mais dois. O vínculo de formação terminaria em dezembro de 2021. O Menino da Vila teve números expressivos no sub-15 antes de ser promovido à equipe sub-17: fez 21 gols em 2019, mais que jogadores importantes como Gabigol (20 gols em 2012) e Neymar (15 gols em 2007). Com 1.73 m e 60 kg, Alison tem como principais características a velocidade e a boa finalização. Fã do português Cristiano Ronaldo, o jovem disse que é gratificante ser comparado a grandes jogadores que já atuaram pelo Santos.


“Sou fã do Cristiano Ronaldo, me inspiro bastante nele e minhas características são a velocidade e ter uma excelente finalização. É gratificante ser apontado como uma nova joia da base do Santos. É fruto de muito esforço, trabalho e dedicação. É a recompensa de tudo que eu estou fazendo, trabalhando, treinando firme todos os dias e só Deus e a família sabem quanto eu trabalho e sou dedicado”, afirmou Alison, que mora com os pais Edi Carlos Camargo e Adriane Melo Camargo e os dois irmãos na cidade de Santos, no litoral de São Paulo.

Antes de chegar ao Santos, Alison passou pela base do Grêmio e do Corinthians. No time gaúcho jogou de 2014 a 2016, onde foi campeão gaúcho em uma temporada e vice na outra. Já na equipe paulista conquistou o título paulista Sub-13. Porém, ele acabou deixando o Corinthians por não receber oportunidades. “Eu estava jogando no Corinthians, mas não estava sendo aproveitado. Aí meu empresário chegou em mim e na minha família e disse se eu não tinha interesse de jogar no Santos, que poderia me identificar mais com o futebol alegre de ir para cima. Então eu disse se for o melhor para mim eu aceito. Cheguei no começo do ano passado em Santos, começo de 2019, com 15 anos. Joguei ano passado, estou lá há um ano e seis meses”, revela o atleta, que foi vice-campeão Paulista Sub-15 pelo Santos. Nesse campeonato, ele marcou 21 gols e foi o vice-artilheiro.

Em virtude da pandemia do novo coronavírus e da paralisação das atividades do futebol, o garoto permaneceu treinando em Irati durante mais de quatro meses. Para manter a preparação física, Alison treinou com os professores Christian Korevar e Dimmi Ramos. “Treinei bastante com o treinador Christian um trabalho mais específico no campo e mais um trabalho de musculação com o preparador físico Dimmi. Minha rotina tem sido essa bastante treino e não pode ficar parado”, afirmou o jogador, que retornou para Santos na última segunda-feira, 31. Alison aguarda com expectativa pelo reinício do Campeonato Brasileiro Sub-17, que será retomado a partir de outubro. A competição só teve uma rodada disputada em março e foi paralisada em função da pandemia.

“Sou de Ponta Grossa, mas me mudei para Irati com um ano. Então tenho um carinho enorme por Irati, pois foi aqui que me criei e dei os primeiros passos no futebol e nos estudos. Vamos dizer que minha cidade de coração é Irati”, ressalta Alison, que ainda guarda o vídeo do gol que marcou aos oito anos nas categorias de base do Iraty, quando comemorou imitando um sapo. A partir disso, seus colegas passaram a chamá-lo de sapinho.

Antes de assinar contrato profissional com o Santos, Alison chegou a ser sondado por clubes europeus, entre eles, o Manchester City, da Inglaterra.
Alison marcou 21 gols e foi vice-artilheiro do Campeonato Paulista Sub-15 pelo Santos em 2019. Foto: Arquivo Pessoal