notícias

Ieda Waydzik confirma candidatura de vice-prefeita na chapa de Derbli

Advogada que é filiada do PV já foi candidata a prefeita em 2012 e exerceu mandado de vereadora entre 1993 e 1996

Advogada Ieda Waydzik aceitou convite para ser vice na chapa encabeçada por Jorge Derbli. Foto: Fernanda Santos Hraber
A advogada Ieda Regina Schimalesky Waydzik foi confirmada como candidata a vice-prefeita na chapa que será encabeçada pelo atual chefe do Executivo, Jorge Derbli (PSDB). A filiada do Partido Verde (PV) foi convidada para disputar a eleição majoritária durante a convenção do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) realizada na segunda-feira, 14, na Câmara Municipal. 

Ieda disse que aceitou o convite para ser vice como forma de retribuir algumas ações realizadas por Derbli durante o seu atual mandato como auxílio para instalação da unidade avançada do hospital Erasto Gaertner, em Irati. “Minha decisão se baseou principalmente na gratidão que eu tenho pelo prefeito, tendo em vista algumas atitudes que ele teve para com a nossa comunidade”, salienta.

A advogada também destacou as obras que estavam paralisadas e foram concluídas pela atual administração e a construção da casa de apoio as mulheres vítimas de violência doméstica. “Só quem viveu e vive problemas familiares, domésticos, entre marido e mulher em que a mulher muitas vezes tem que sair com seus filhos durante a noite para fugir de um companheiro que se exaltou sabe o valor dessa casa. A gratidão que eu tenho por ele por essas obras me fizeram aceitar o convite. Sei que temos muita coisa por fazer, Irati precisa de muitas coisas, precisa de muito trabalho e a nossa população merece que a gente lute por ela”, afirma Ieda. 

Atualmente, Ieda desempenhava o cargo de presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Irati. A advogada já foi candidata a prefeita nas eleições de 2012, quando ficou em 3º lugar na disputa com 1.780 votos (5,11% dos votos válidos). Na Câmara Municipal exerceu o mandato de vereadora na legislatura 1993/1996. Ela é uma das fundadoras e foi presidente da Associação do Núcleo de Apoio ao Portador de Câncer de Irati (ANAPCI). Também foi Procuradora da prefeitura de Irati e assessora jurídica nas prefeituras de Inácio Martins, Rebouças e Fernandes Pinheiro. Ieda é casada com o engenheiro civil, Dagoberto Waydzik, que foi secretário de Arquitetura, Engenharia e Urbanismo de Irati, no atual mandado de Derbli. 

Quer receber notícias locais?

Em entrevista à Najuá na terça-feira, 15, Derbli disse que três dos cinco partidos coligados na disputa majoritária indicaram nomes de pessoas para ocupar o cargo de vice. “Dessa vez, a coligação conta com cinco partidos [PTB, PSDB, Patriotas, DEM e PV] e três deles indicaram vice. Eu tinha nove nomes, mas o interessante é que a Ieda não estava nesses nomes. Nós fizemos pesquisas de outros nomes, ex-prefeito Rodrigo Hilgemberg [DEM] era um deles. Muitas pessoas qualificadas, mas a escolha é do prefeito. A indicação é dos partidos, mas quem define é o prefeito. Por isso, escolhi a Ieda, que já foi Procuradora em outros municípios e tem um conhecimento em gestão pública”, afirmou Derbli.

O prefeito relata que um dos objetivos é que as mulheres ocupem um lugar de destaque na administração municipal e que o trabalho social realizado por Ieda o capacita para desempenhar essa função. 

Derbli também destacou sua parceria com o atual vice-prefeito Amilton Komnitski (DEM), que optou em não participar da disputa majoritária e é pré-candidato a vereador nas eleições deste ano. “Tenho um grande respeito pelo Amilton da Farmácia, um grande companheiro, nesses quatro anos, nunca tivemos uma discussão, compartilhamos de ações e decisões nesse gabinete. A gente conversa, discute e traça metas para o município de Irati. Porque é muito fácil ver vice brigando com o prefeito”, comenta o prefeito.

Texto: Rodrigo Zub, com reportagem de Paulo Sava