notícias

Homem é assaltado enquanto retornava para casa

Homem teve o celular roubado. Um dos autores do crime portava uma faca, que foi colocada no peito da vítima
Foto: PM/Divulgação
Um homem foi assaltado após sair do seu local de trabalho na noite de ontem, 2, em Irati. A vítima estava retornando para sua casa pela linha do trem, que fica atrás de uma loja no bairro Lagoa. Em determinado momento, ele foi abordado por dois homens, sendo que um deles estava portando uma faca. Um dos ladrões colocou a faca no peito da vítima. Em seguida, os bandidos roubaram um celular. Os autores do assalto fugiram e não foram localizados pela Polícia Militar.

Em Rebouças, uma casa foi arrombada na rua Juvêncio Portela na tarde de ontem, 2. O proprietário da residência disse que saiu para trabalhar e retornou ao local por volta das 18 h. Na ocasião, o morador encontrou a casa revirada e percebeu que uma janela do banheiro dos fundos havia sido arrancada. Uma furadeira, uma parafusadeira, uma quantia em dinheiro e alguns pares de chinelo foram furtados do local. A PM foi acionada e realizou patrulhamentos nos bairros da cidade para tentar localizar o autor do furto, a partir das características repassadas do possível suspeito de ter cometido o ato. Porém, ele não foi localizado.

Ainda em Rebouças, uma mulher foi agredida pelo marido com chutes no rosto e socos. Policiais foram até a residência onde ocorreu o fato e prenderam o agressor, que foi encaminhado ao hospital Dona Darcy Vargas para realizar o laudo de lesões corporais. Na ocasião, o homem deu um soco no capô da ambulância que estava no local. O veículo teve um pequeno amassado. Além disso, o homem tentou agredir os policiais. Ele foi imobilizado e conduzido para a Delegacia.


Uma pessoa jogou uma pedra em uma motoniveladora da prefeitura de Ivaí, que estava sendo utilizada em uma obra no bairro Nossa Senhora Aparecida, na quarta-feira, 2. A pedra causou trincas no vidro da cabine da máquina. O operador da motoniveladora não conseguiu observar quem arremessou a pedra. Ele disse que a pedra foi jogada dos fundos de residências vizinhas ao local da obra.

Em outra ocorrência em Ivaí, um homem cortou um colchão de um alojamento de uma empresa. O encarregado relatou que o autor do dano foi um dos funcionários, que apresentava sinais de embriaguez e estava com uma faca. Ao ser indagado sobre o fato, o homem disse que ingeriu bebida alcoólica e que na sequência cortou o colchão por estar embriagado.

O autor do dano foi conduzido ao Destacamento da PM de Ivaí, onde assinou o Termo Circunstanciado. Segundo a PM, a faca citada pelo encarregado não foi encontrada no alojamento e nem com o homem abordado. O homem possuía apenas sintomas de embriaguez.

Em Imbituva, uma mulher entrou em contato com a Polícia Militar para relatar que sua vizinha estaria sendo agredida pelo marido e que estava pedindo socorro. Policiais foram até o local, mas a mulher disse que teve apenas uma discussão com o esposo e não foi agredida.

Em Guamiranga, policiais receberam várias ligações dando conta de que um morador do bairro Cohapar estava com o som alto. A equipe conversou com o homem, que se comprometeu de não ligar mais o som. Enquanto a viatura permaneceu no local, nenhuma pessoa que entrou em contato com a PM por telefone apareceu para manifestar interesse em representar a ocorrência.