notícias

Co-Branding entre Lobo e Uniguairacá inova com EAD semipresencial em Irati

Parceria entre colégio e universidade traz novas oportunidades de cursos EAD e a possibilidade de cursos semipresenciais na área de saúde

Reitor da Uniguairacá, Juarez Matias Soares, no momento da assinatura do contrato, ao lado do proprietário do Colégio Lobo

Foi assinado na tarde de hoje, 16, na sede do Colégio Lobo em Irati, um contrato que firma parceria entre duas instituições de ensino do Paraná que estão expandindo suas sedes de atuação: o Colégio Lobo e o Centro universitário Uniguairacá.

O reitor da Uniguairacá, que atua há mais de 15 anos em Guarapuava, Juarez Matias Soares, e o proprietário do Colégio Lobo, com sede em Guarapuava, Irati e Ponta Grossa, Silvério Simon, comemoraram o  co-branding, que é uma parceria entre duas marcas em torno de um objetivo comum.
Serão ofertados 23 cursos de Ensino à Distância (EAD) e outros seis, na área de saúde, semipresenciais, que é um misto de EAD com ensino presencial que será cumprido na cidade de Guarapuava. Soares explica como vai ser.

Os alunos terão as aluas teóricas via EAD e nós viremos buscá-los para as atividades presenciais em Guarapuava, explica Soares informando que as aulas terão início em 2021 e as matrículas já estão abertas. 

Para o proprietário do Colégio Lobo a parceira complementa o ensino que a escola já oferece e vem de encontro à busca por cursos dos alunos de ensino médio. O Lobo iniciou atividades também em Guarapuava, há 17 anos, e já está há três em Irati, com pré-vestibular e agora, ensino médio. Simon está otimista com a ideia de oferecer mais oportunidades para Irati e tranquilo em cumprir com rigor os protocolos previstos pelas autoridades de Saúde.

Fomos muito bem acolhidos pela comunidade de Irati e temos certeza que vai acontecer da mesma forma nesta parceria. Estamos respeitando as recomendações das autoridades sanitárias em relação à Covid-19 e tudo será feito com rigor no cumprimento dos protocolos

A Uniguairacá possui conceito 5 em autorização para o ensino EAD. Isso significa que o plano de expansão pode abrir 250 polos no país, mas a ideia é romper fronteiras internacionais. "Já estamos abrindo em outras cidades do Paraná, São Paulo e Santa Catarina e também a ida para os estados Unidos nas cidades de Tampa e Orlando, na Flórida."

Acompanhe a entrevista completa no Meio Dia em Notícias desta quinta, 17, na Super Najuá 92,5.