notícias

Carla Spak é promovida a capitã do Corpo de Bombeiros

Promoção da comandante deve ser confirmada assim que o governador Ratinho Júnior assine a indicação

Carla Adriana Spak Sobol faz história no Corpo de Bombeiros de Irati e é promovida a capitã. Foto: Paulo Henrique Sava/Arquivo Najuá
O Corpo de Bombeiros de Irati registrou mais um momento memorável na carreira de Carla Adriana Spak Sobol no mês de agosto. Ela, que foi a 1ª mulher a assumir o comando na história do 3º Subgrupamento, foi promovida a capitã da corporação.

Em entrevista à Najuá, ela comentou que, no Corpo de Bombeiros e na Polícia Militar do Paraná, as promoções acontecem em três datas por ano, nos dias 21 de abril (Tiradentes, patrono da Polícia Militar), 10 de agosto (aniversário da PMPR) e 19 de dezembro (emancipação política do PR). Spak conta que as vagas vão sendo abertas de acordo com o número de oficiais e praças que vão para a reserva remunerada.
Nesta vaga de capitão que abriu, eu tive a grata satisfação de receber o telefonema no dia 13 de agosto do Coronel Prestes, comandante do Corpo de Bombeiros do Paraná, me parabenizando pela promoção a capitã. Receber esta notícia foi de grande felicidade principalmente porque uma das notas recebidas é do comandante, ela é somada aos pontos e isto influencia muito no momento da promoção. 
Apesar de já ter sido anunciada, a indicação precisa da assinatura do governador Ratinho Júnior. Porém, devido à pandemia do coronavírus e pelo fato de Spak estar grávida, ela está exercendo seu trabalho em casa (home office). Até o seu retorno ao trabalho, a capitã Keila responde pelo comando da unidade. Ainda não há uma definição sobre o futuro de Spak na corporação.
A princípio, não sabemos quando terminará esta pandemia. O meu filho nasce em novembro, e aí então depois do meu retorno da licença-maternidade vai ser resolvido o que vai acontecer, se a Keila permanece ou se eu retomo o comando em Irati. Isto só ficará decidido em meados de 2021. 
A capitã conta como está sendo a experiência de atuar em casa, conciliando as atividades domésticas com o trabalho administrativo do Corpo de Bombeiros.
Na verdade, agora eu estou mais acostumada, mas para mim, que sempre fui uma pessoa muito ativa, até o pessoal brinca ‘ligada no 220’, estar em casa sem contato com o pessoal do quartel no começo foi bastante difícil. Outra situação é que tem que ser bastante disciplinado porque, além do meu trabalho home office, as crianças estão fazendo as atividades escolares em casa. Tudo isto eu tenho que organizar e estar junto, e esta disciplina é bastante importante para cumprir todas as demandas que tenho durante o dia. 
Spak atua há 16 anos no Corpo de Bombeiros. Destes, 03 anos foram dedicados ao serviço como soldado da corporação. Em Irati, a capitã já atua há 08 anos. Em maio de 2019, ela assumiu o comando do 3º SGB após a promoção do Major Jorge Augusto Ramos, que foi transferido para Curitiba. Por isto, ela acredita que não terá maiores dificuldades no futuro, uma vez que, mesmo antes da promoção, já exercia a função.
Na verdade, durante este ano eu já respondia pela vaga de capitã. Com esta indicação, eu só estarei efetivada na vaga pela qual já estava respondendo. 
Texto de Paulo Henrique Sava