notícias

Arena Society reabre Campo Society com restrições

Clientes podem votar com os agendamentos de partidas e frequentar o bar até às 22h
Campo de Futebol Society da Arena Society. Foto: Paulo Sava
A Arena Society, na Vila São João, em Irati, é uma das empresas que tem adotado restrições na volta do atendimento ao público. Durante a pandemia, os agendamentos das atividades esportivas foram interrompidos e apenas a parte de alimentação, com entrega delivery, passou a funcionar.

Agora, com a liberação das atividades esportivas e o funcionamento até às 22h, o local tem funcionado com algumas restrições. Um dos exemplos é no bar, onde as mesas são de quatro lugares, mas precisam estar afastadas com dois metros de distância cada uma. Outra restrição são crianças menores de 12 anos que também não podem frequentar o espaço. “Até 12 anos, infelizmente, não é permitido a entrada e a frequência das crianças”, explica o empresário Guilherme Pires Minella. A entrada também é restringida a maiores de 60 anos, que são de grupo de risco.

Na área do bar, os frequentadores deverão usar máscara enquanto não estiver se alimentando e retirar no momento da refeição. O local também disponibiliza álcool em gel e lavatório com sabonete líquido para higiene das mãos. “É uma série de cuidados que temos que ter para os clientes e também para equipe de trabalho que é um cuidado geral para ninguém se contaminar”, afirma Guilherme.

A Arena Society também voltou com o agendamento do futebol. Normalmente há dois tipos de agendamento: o fixo, sendo agendado no mesmo horário e dia, e o avulso, que é oferecido em dias e horários diferentes.

Como houve diminuição dos horários fixos, os clientes possuem mais opções de agendamentos avulsos. Mas quem prefere agendar para o mês, conseguirá promoção. “Temos uma promoção para quem quiser pagar por mês, paga sobre quatro horários, fazemos um desconto bacana. O horário avulso é R$ 130 a hora e se a pessoa optar por pagar por mês, paga quatro horários referente ao mês que ficam por R$ 400. Tem um desconto de R$30 por hora, no total do plano vai dar R$ 120 de desconto”, relata o empresário.

A volta do futebol também tem algumas restrições. Quem fica no banco de reserva deverá usar máscara. Apenas quem está jogando em campo que poderá retirar a máscara.  No banco de reservas também há distância entre uma pessoa e outra. Os jogadores ainda deverão ser registrados pela Arena Society, com aferição da temperatura.

Os horários também estão diferentes. Haverá intervalo de 15 minutos entre as partidas.
Guilherme também comentou sobre como a empresa da sua família, Bilhares Minella, tem conseguido atravessar esse período. O empresário revela que como bares e estabelecimentos, que costumam alugar ou encomendar mesas de bilhar, diminuíram os pedidos, a empresa teve que se adaptar a um novo nicho que começou a aparecer: o do aluguel de mesas de bilhar para residências. “Com a pandemia deu uma aquecida no mercado de venda de mesa. O pessoal estando em casa não podendo sair, acabava pedindo orçamento, às vezes até alugando, pedindo para residências, que nós também alugamos. Deu uma aquecida nesse nicho”, comentou.

No período da pandemia, a Arena Society investiu no setor de alimentação, com os lanches e refeições delivery. Mas logo no início deste período, o estabelecimento realizou um ato de generosidade. A partir de doações de moradores, o estabelecimento fez marmitas para caminhoneiros que não conseguiam encontrar locais para se alimentarem. O excedente das doações, que não foram usadas nas marmitas, foi revertido em cestas básicas e de higiene distribuídas para famílias carentes. “Foi um momento muito bacana, um momento de união, de força ali na Arena que conseguimos dar essa ajuda para os caminhoneiros, mostrar que está junto. É nesses momentos de dificuldade que precisamos nos unir, sendo como sociedade, como pessoas, como cidadão temos uma obrigação, um dever a cumprir”, disse.

Frequentadores da Arena Society também podem jogar bilhar nas mesas disponíveis. Foto: Paulo Sava

Local também oferta buffet aos clientes. Foto: Paulo Sava

Foto: Paulo Sava