notícias

Vacinação contra gripe aumentou durante pandemia em Irati

Pandemia e aumento no número de grupos prioritários elevaram índices de vacinação contra a gripe em Irati
Confira como foi a vacinação de 2019 e 2020 entre os grupos prioritários
O número de pessoas que se vacinaram durante a Campanha de Vacinação Contra a Gripe aumentou em Irati neste ano. Os dados da Vigilância Epidemiológica mostram que com a pandemia do coronavírus (Covid-19), mais pessoas foram buscar formas de se imunizar. Em comparação ao ano passado, houve um aumento de 6% no número de pessoas vacinadas nas mesmas categorias. Contudo, neste ano, também foram incluídas novas categorias prioritárias, como a de adultos entre 55 e 60 anos. Com isso, o número total chegou a 22.853 pessoas vacinadas em Irati, significando um aumento de 16% em comparação ao ano passado, onde se vacinaram 19.640 pessoas.

O número de pessoas de outros grupos e sem comorbidades também aumentou 10%, sendo imunizadas 4.720 pessoas. Entre os grupos prioritários, o aumento foi de 5% no número geral, passando de 12.966 pessoas imunizadas em 2019 para 13.624 moradores vacinados neste ano. Este número não conta as pessoas com comorbidades.

Os maiores aumentos foram registrados entre as mulheres que tiveram filhos recentemente e a população carcerária. Nas puérperas, o aumento foi de 59% em comparação a 2019, com 139 mulheres sendo vacinadas neste ano.


Já na população carcerária, o aumento foi de 83% devido ao aumento de presos na carceragem. Nos funcionários do sistema prisional também houve aumento de 55% no número de vacinados. Entre os idosos, o aumento foi de 19%, passando de 6.145 idosos vacinados em 2019 para 7.336 em 2020.

Apesar do aumento de vacinados, outras categorias tiveram diminuição do público atingido. É o caso das crianças que teve uma diminuição de 14%, passando de 4.170 crianças vacinadas para 3.553. Nas gestantes, a diminuição foi de 10%.

Sem aulas por causa da pandemia, a vacinação de professores também diminuiu 8%, sendo que neste ano, apenas 661 foram imunizados. Nas pessoas com comorbidades, o aumento na vacinação foi de 4%. Ao todo, 2.511 pessoas com comorbidades se vacinaram este ano. Os maiores aumentos estão nas pessoas com doenças respiratória crônica (20%) e renal crônica (64%).

A vacina contra a gripe não protege contra o coronavírus, mas é uma maneira de resguardar os mais vulneráveis contra doenças respiratórias, que podem impactar o sistema imunológico e favorecer o aparecimento de outras infecções.
Quase 2 mil pessoas foram imunizadas dentro dos novos grupos prioritários incluídos a partir deste ano na campanha pelo Ministério da Saúde. Foto: Divulgação 

Tabela mostra número de pessoas vacinadas com comorbidades. Foto: Divulgação

Tabela mostra comparativo das pessoas vacinadas em 2019 e 2020 nos grupos prioritários, com e sem comorbidades e total geral