notícias

Sanepar realiza limpeza e desinfecção de locais públicos

Em Irati, empresa realizou a desinfecção nas áreas externas da Santa Casa, do Hospital Erasto Gaertner, do Pronto Atendimento e do antigo Asilo Santa Rita

Pronto Atendimento da Vila São João recebe desinfecção periodicamente. Foto: Assessoria Sanepar
Paulo Henrique Sava, com informações da Assessoria de Imprensa da Sanepar

Desde o início da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a Sanepar vem realizando a desinfecção da área externa de quatro instituições de Irati. Segundo a Assessoria de Imprensa da estatal, a ação, que ocorre em várias cidades do Estado, é uma parceria entre Sanepar, Secretaria de Estado da Saúde e Polícia Militar, que faz o isolamento das áreas e a segurança do trânsito, conforme explica Fabrício Castilho Haesbaert, chefe de gabinete da presidência da Sanepar.
A Secretaria de Estado da Saúde definiu os hospitais prioritários para receber este trabalho, esta ação, que são os que possuem leitos hospitalares para o atendimento exclusivo do coronavírus, segundo o plano de contingência da Covid-19. 
Em Irati, recebem a desinfecção periodicamente as áreas externas da Santa Casa, do Hospital Erasto Gaertner, do Pronto Atendimento da Vila São João e da Instituição de Longa Permanência de Idosos Santa Rita (antigo asilo). A desinfecção vem sendo feita pela Sanepar com o uso de caminhão de hidrojateamento, utilizando uma solução de hipoclorito de sódio diluído em água numa concentração entre 0,2% e 0,3%, conforme indicação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Conforme Fabrício, a Sanepar faz esta ação desde abril em todo o Paraná. Em Irati, a primeira desinfecção ocorreu no dia 13 de maio. Equipes da estatal fazem a desinfecção do entorno de hospitais que atendem a pacientes com coronavírus. Os profissionais envolvidos utilizam máscaras e todos os equipamentos de proteção necessários.

“Este serviço é feito com Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s). Os profissionais estão aplicando o hipoclorito de sódio, que a Sanepar já utiliza nos sistemas de tratamento de água e esgoto e por isto, por conhecermos o produto e ser indicado pela ANVISA para limpeza e desinfecção, resolvemos fazer esta desinfecção com o hipoclorito de sódio”.

Desinfecção da área externa do Hospital Erasto Gaertner, em Irati. Foto: Assessoria Sanepar
Para proteger os idosos, a Sanepar decidiu ampliar a desinfecção para as instituições que abrigam estas pessoas em todo o Paraná. No caso de Irati, a Instituição de Longa Permanência de Idosos Santa Rita, o antigo asilo, recebe a higienização externa periodicamente. Segundo Fabrício, foram analisadas algumas situações e os dados obtidos confirmaram que a maioria das mortes ocorridas pelo coronavírus envolveram pessoas acima de 60 anos, com uma maior taxa entre pessoas com mais de 80 anos.
Diversos estudos apontaram que estas pessoas correm um risco maior de apresentar formas mais severas desta doença. Visando minimizar o risco para este grupo específico, a Sanepar ampliou a atuação que iniciou nos hospitais para as Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPI), prioritariamente nas entidades beneficentes e filantrópicas”.
Instituição de Longa Permanência de Idosos Santa Rita (antigo asilo) recebe desinfecção em sua área externa a cada 15 dias. Foto: Assessoria Sanepar
Fabrício diz que, por questões técnicas, não é possível ampliar esta ação para outros locais.
Infelizmente, neste momento, para outros propósitos ou locais, operacionalmente ela é inviável, pois esta ação está sendo desempenhada com caminhões hidrojato, utilizados em nossos serviços rotineiros. A Sanepar trabalha 24 horas por dia, estes serviços são contínuos e não podemos parar de prestá-los à população”.
Fabrício elenca ainda outras limitações técnicas, como contingenciamento de volume de produtos químicos e outros insumos, e especialmente da água, que neste momento de emergência hídrica, deve ser consumida de maneira racional. Estes fatores impedem a ampliação dos serviços.

O gerente Regional da Sanepar, Lincoln Vergés, destaca que “o objetivo do trabalho é contribuir com o combate à Covid-19 nos hospitais que recebem pacientes para o tratamento da doença e instituições que abrigam pessoas do grupo de risco”.

A Sanepar vem realizando os trabalhos a cada 15 dias. A próxima higienização deve ocorrer no dia 14.

Entre os meses de abril e maio, a Prefeitura de Irati também executou a desinfecção de locais prioritários, como ruas centrais com maior concentração de pessoas, áreas próximas a serviços de saúde, entornos de supermercados e espaços onde naturalmente há uma maior circulação da população.

Os trabalhos foram feitos pela empresa DR Soluções Ambientais, de Castro, que também aplicou uma solução de hipoclorito de sódio. O valor pago foi de R$ 16.500,00. Entretanto, o município ainda não definiu se continuará fazendo a desinfecção.

Desinfecção da área externa da Santa Casa de Irati. Foto: Assessoria Sanepar