notícias

Rebouças registra 1º óbito por Covid-19

Paciente, de 89 anos, estava internada na Santa Casa de Misericórdia de Ponta Grossa para tratamento de outras doenças
Rebouças registrou 1º óbito por Covid-19 nesta sexta-feira, 07. Foto: Arquivo
Paulo Henrique Sava
A Secretaria de Saúde de Rebouças confirmou na sexta-feira, 07, a 1ª morte causada pelo novo coronavírus no município. A vítima é uma idosa, de 89 anos, que estava internada na Santa Casa de Misericórdia de Ponta Grossa desde o dia 19 de julho para tratamento de outras doenças. O enterro dela foi realizado ontem, assim que o corpo chegou no município.

Segundo a secretária de saúde, Tânia Selhorst, não é possível afirmar se ela contraiu o vírus de algum familiar ou durante o internamento, pois outros dois parentes dela também tiveram resultado positivo nos exames. Eles estão cumprindo período de isolamento.
Os contatos desta paciente foram monitorados. Alguns que apresentaram sintomas realizaram exames, dos quais dois foram positivados e encontram-se em isolamento total, estando bem de saúde. O enterro dela foi realizado ontem mesmo à noite, dentro dos protocolos do Ministério [da Saúde], sem maiores problemas, apesar de sabermos que é muito difícil para a família aceitar trazer seu ente querido e ter que enterrar imediatamente, sem poder ficar pouco tempo junto”.
A secretária pede que as pessoas fiquem atentas às medidas de proteção, pois a Covid-19 é uma doença perigosa e pode matar. Qualquer pessoa, mesmo não apresentando os sintomas, pode transmitir o vírus.
A gente fala, mas dá a impressão que é só uma gripezinha, que não vai acontecer nada, mas infelizmente os que têm alguma outra doença crônica são os que mais estão correndo risco e que qualquer outra pessoa pode transmitir o vírus para estas pessoas dentro de suas casas, mesmo com eles em isolamento. 
Tânia solicita que as pessoas mantenham o isolamento social sempre que possível, além do uso do álcool gel, da máscara e a higienização constante das mãos com água e sabão.
É muito importante que as pessoas continuem se cuidando, porque não teremos como controlar [a pandemia] se a população não ajudar. Precisamos que todos tenham este cuidado para que não cheguemos à situação de termos que internar e as pessoas virem a óbito. Se soubéssemos que todo mundo iria pegar em casos leves e que todos se recuperariam rapidamente, seria como outra gripe, mas não é assim, temos pessoas correndo risco de vida.
Este foi o 13º caso de coronavírus registrado em Rebouças. Além deste óbito, oito pacientes já se recuperaram da doença, três estão em isolamento e um permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais, em Ponta Grossa.