notícias

PM prende autor de tentativa de roubo em Inácio Martins

Vítima foi atingida com um golpe na cabeça. Autor da tentativa de roubo chegou a apontar uma arma para os policiais, mas se entregou posteriormente
Garrucha apreendida pela PM. Foto: PM/Divulgação
A Polícia Militar prendeu um homem que tentou assaltar um idoso na noite de sexta-feira, 31, em Inácio Martins. Segundo relato de moradores, a residência da vítima, localizada na Vila Mattos Leão, foi invadida por um homem que estava com uma foice.
Os policiais encontraram a vítima do lado de fora da casa com um ferimento na cabeça. O senhor contou que o homem tentou roubar uma quantia em dinheiro e esganá-lo. Ele disse que saiu de dentro da casa para escapar das agressões.

A PM tentou abordar o agressor, que estava dentro da residência da vítima com as portas fechadas. Quando os policiais pediram que ele saísse, o homem abriu a porta e apontou uma arma de fogo do tipo garrucha calibre 32, aparentemente de fabricação artesanal e carregada com espoleta e chumbo. A equipe apurou que a arma pertencia a vítima e havia sido roubada.

Para resguardar a integridade física da equipe, um dos policiais efetuou um disparo em direção ao homem. Ele correu novamente para dentro da residência e fechou a porta. Após nova solicitação, o agressor se entregou. O homem colocou a arma no chão e foi algemado. Ele realizou o laudo de lesões corporais no Pronto Atendimento de Inácio Martins e foi entregue na Delegacia de Irati juntamente com a arma. O idoso recebeu atendimento médico e também foi conduzido para a Delegacia, onde reconheceu o agressor.
Em Irati, uma idosa foi ameaçada pelo próprio filho. A ocorrência foi registrada na noite de ontem, 31, na Rua Doutor Afrânio Mayer de Souza, no Jardim das Américas. Uma mulher relatou que seu irmão estava ameaçando a mãe. A vítima contou que o filho faz uso de bebidas alcoólicas e medicamentos. Toda vez que isso acontece, ele começa a gritar e a ameaçá-la. Entretanto, ela diz que não quer sair de casa e nem que o filho deixe o local. Os familiares foram orientados para que o homem procure um profissional para realizar tratamento e também para solicitarem uma medida protetiva de afastamento para a Polícia Civil, caso haja necessidade.

Já na madrugada deste sábado, 1º, policiais foram até uma residência na Rua Marechal Mallet, no bairro Alto da Glória. No local, ocorreu uma discussão entre marido e mulher. Ela relatou que o homem quebrou vários objetos da casa. Porém, a vítima disse que não sofreu nenhum tipo de agressão física e por isso decidiu não representar contra o esposo. Ela foi orientada sobre os procedimentos a serem adotados. Já o homem passou a noite em outro local.