notícias

Morador de Rebouças é ameaçado em virtude de desavença em função de abertura de estrada

Autor da ameaça negou o fato e disse que foi até a casa do vizinho para solucionar as desavenças. PM registrou Termo Circunstanciado
Foto: PM/Divulgação
Dois homens assinaram Termo Circunstanciado (TC) em virtude de uma situação de ameaça causada após uma desavença em função da abertura de uma estrada na localidade de Rio Bonito, interior de Rebouças. A situação foi registrada na manhã de sábado, 29.

Um morador relatou que um homem foi até a sua residência e lhe ameaçou. Por sua vez, o autor alegou que o vizinho teria ameaçado sua mãe. Por isso, ele pediu para o homem sair de sua casa para conversar ou pegaria o morador na rua. O suspeito de ter realizado as ameaças negou o fato e afirmou que foi a residência do vizinho com a intenção de solucionar as desavenças. Os dois homens foram levados para a sede do 2º Pelotão para que fosse registrado o Termo Circunstanciado.

Já na tarde de sábado, 29, um motociclista foi visto transitando sem capacete em Rebouças. Ao abordá-lo, os policiais constataram que a moto não tinha placa e que estava com o chassi danificado. O condutor disse que usa o veículo somente para corridas em trilhas. O condutor e a moto foram entregues na Delegacia.

Em Rio Azul, um veículo Fiat Uno, que estava estacionado na rua Nossa Senhora da Luz, foi atingido por um Gol quadrado, que estava saindo de sua residência, no início da noite de sábado, 29. O Uno teve danos no para-lamas traseiro do lado esquerdo. O motorista que causou a batida deixou o local e não foi encontrado. Policiais foram até a residência do proprietário do carro, mas ninguém foi localizado. Por esse motivo, a PM não conseguiu identificar o condutor do Gol.

Em Fernandes Pinheiro, um homem com dois mandados de prisão em aberto por furto foi detido após ameaçar a esposa e a filha do casal na tarde de sábado, 29. A ocorrência foi registrada na rua João Maria de Jesus. A mulher relatou que após o almoço seu marido começou a ingerir bebidas alcoólicas. Em determinado momento, o homem passou a agir de forma violenta depois que a filha do casal, de 3 anos, começou a chorar. O homem teria dito que se a esposa não fizesse a criança parar de chorar até o final do dia mataria as duas. Além disso, o homem pegou a menina nos braços e atirou ela na cama. O autor da ameaça foi levado para o Destacamento da PM. Lá, foi constatado que o homem possuía dois mandados de prisão em aberto. Por isso, ele foi entregue na Delegacia de Teixeira Soares, que responde pelo município de Fernandes Pinheiro.

Em Teixeira Soares, uma ocorrência de perturbação de sossego foi registrada. Um homem afirmou que seu vizinho estava ouvindo música com o volume alto. O morador foi orientado para desligar o som para não perturbar outras pessoas. A solicitação foi acatada pelo homem.