notícias

Homem agride esposa e quebra móveis da residência

Agressor fugiu e não foi localizado. Já a vítima dispensou atendimento médico
Foto: Rádio Najuá/Arquivo
Um homem agrediu a esposa e quebrou alguns móveis da residência do casal. O fato ocorreu na madrugada de domingo, 30, na rua Tibagi, em Irati. A Polícia Militar foi acionada, mas o autor da agressão já havia deixado o local. A vítima dispensou atendimento médico. Ela foi orientada quanto as medidas de proteção e representação de violência contra a mulher.

A PM atendeu mais três ocorrências na madrugada de hoje, 30. Duas situações de perturbação de sossego foram registradas. Na rua Independência, foi constatado som alto e aglomeração de pessoas contrariando o decreto municipal que visa evitar o contágio do novo coronavírus. O proprietário da casa foi orientado e se prontificou de desligar o som. Situação semelhante ocorreu em uma residência na Avenida José Galicioli. O responsável pelo imóvel desligou o som e encerrou a festa que estava ocorrendo no local.

Já na rua Adão Panka, policiais abordaram três homens, sendo que um deles possuía um mandado de prisão em aberto. Ele realizou laudo de lesões corporais e foi entregue na Delegacia de Irati.

Em Imbituva, um adolescente, de 17 anos, foi flagrado pilotando uma motocicleta na rua Rui Barbosa no sábado, 29. Ao verificar a presença da PM, o menor mudou a direção e entrou em outra via. O rapaz foi abordado na rua Marechal Floriano Peixoto. Os policiais constataram que a moto não tinha placa de identificação. Em consulta pelo número do motor foi constatado que era uma moto Honda CG 125, que havia sido baixada pelo Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR). Nesta condição, ela não pode circular em vias públicas. O adolescente e a moto foram encaminhados ao 3º Pelotão. O responsável pelo menor compareceu no local para acompanhar os procedimentos.


Ainda em Imbituva, um homem foi agredido com um golpe de facão. Inicialmente, os policiais receberam a informação de que um homem havia ameaçado uma mulher com um facão. A PM foi até o local e encontrou um homem caído no meia da via pública. Ele apresentava um corte profundo na cabeça. Por isso, foi solicitada a presença de uma ambulância, que o conduziu ao hospital Municipal.

A mulher que acionou os policiais disse que o homem era seu inquilino. Segundo ela, o morador chegou no local embriagado e lhe ameaçou com o facão. Depois disso, o neto da moradora tentou defendê-la e acertou um golpe de faca na cabeça do homem. O agressor deixou o local e não foi encontrado. Policiais realizaram patrulhamento, mas não conseguiram localizá-lo.