notícias

Centro Universitário Campo Real retoma aulas presenciais

Instituição baseou sua decisão em um decreto publicado pela Prefeitura de Guarapuava, que liberou o retorno às aulas presenciais nas faculdades particulares desde o dia 10 de agosto
Centro Universitário Campo Real retomou aulas presenciais em Guarapuava no último dia 10 de agosto. Foto: Reprodução Facebook


Paulo Henrique Sava, com informações do Portal G1
O Centro Universitário Campo Real retomou as aulas presenciais em Guarapuava. A decisão teve como base um decreto publicado pela Prefeitura do município, que autorizou o retorno das aulas presenciais em todas as instituições particulares de Ensino Superior do município desde o dia 10 de agosto. Pelo documento, o retorno às atividades normais é facultativo. Para que isto ocorra, devem ser elaborados planos de retorno. Os documentos precisam ser aprovados por uma comissão da Prefeitura, composta por médicos e funcionários da área da saúde. O reitor Edson Aires da Silva comenta que, com base nestes protocolos, a instituição decidiu retomar as aulas para satisfazer a expectativa de alguns alunos.
É um retorno gradativo e também facultativo. Os alunos que se sentirem incomodados ou que correrem risco ou que tenham pessoas do grupo de risco em casa estão liberados das aulas presenciais, podendo fazê-las remotamente. Alguns professores e colaboradores que fazem parte do grupo de risco estão dispensados de suas ações presenciais, fazendo suas atividades remotas. É um processo gradativo, que está acontecendo vagarosamente, mas que está dando um ótimo resultado.
Todas as medidas de controle e combate ao Coronavírus (Covid-19) foram adotadas pelo Centro Universitário. 
Nós adotamos o distanciamento social nas salas, o uso obrigatório das máscaras, com a instituição as fornecendo, álcool gel em todos os espaços, temos a brigada Covid-19, formada por profissionais da saúde que fazem o monitoramento da temperatura do aluno desde sua chegada até a saída. 
Todos os espaços físicos foram adaptados com proteção e acrílico. As escadarias foram divididas, sendo que em algumas somente é possível subir e em outros descer. A entrada dos estudantes será dividida para evitar aglomerações, segundo o reitor.
Até o momento não tivemos nenhum tipo de problema. Recebemos a visita da Vigilância Sanitária, que conferiu o protocolo e elogiou a condução do processo pelos alunos. Todas as medidas básicas, que são recomendações da Organização Mundial da Saúde, da Fiocruz e da própria Secretaria Estadual de Saúde estamos adotando e tem dado ótimo resultado. Não temos tido problemas em relação a isto”.
O Centro Universitário Campo Real utilizou o período da pandemia para treinar os professores na utilização das novas tecnologias para transmissão das aulas online. Porém, alguns acadêmicos apresentaram dificuldade para acessar a internet e consequentemente as aulas online. Diante desta situação, a instituição lançou um plano solidário emergencial, que concedia desconto nas mensalidades ou o direito de que o acadêmico pudesse postergar os pagamentos para o final do curso, após a formatura.
Tivemos uma adesão muito grande a este processo. Muitos alunos aderiram, e graças a isto eles conseguiram, aliando um pouco de criatividade e boa vontade, conduzir e encerrar o semestre letivo. Agora, eles voltam com fôlego um pouco maior porque entendemos que o plano solidário deu uma ajuda maior para que não houvesse muitas desistências. Junto a isto, um trabalho muito bem feito pelo corpo docente da instituição, pelos coordenadores e área tecnológica também em relação às atividades remotas. Não é o ideal que gostaríamos, mas dentro da excepcionalidade do momento, podemos dizer que conseguimos ótimos resultados neste processo”, ressaltou Edson. 
Mesmo sem a adesão de boa parte dos estudantes, todos os cursos retomaram as atividades.
Nós temos algumas turmas que não aderiram. Os cursos de medicina e veterinária foram os que mais tiveram alunos interessados no presencial e que estão voltando”, pontuou o reitor.
Mensalmente, a instituição elabora um Termo de Adesão para os alunos que optarem por fazer aulas presenciais. Em agosto, a média de acadêmicos que retornou para as salas de aula ficou entre 22% e 24%. Para setembro, a expectativa da instituição é de que este percentual aumente. Caso o acadêmico deseje permanecer em casa, ele poderá assistir as aulas ao vivo pela internet, através de várias plataformas e do Google Meet.
O professor, durante a aula no presencial, estará dando aula e a transmitindo para os que estão em casa. Esta foi uma opção que demos porque tivemos que pensar naqueles que têm familiares no grupo de risco e até mesmo os estudantes. Tudo isto tivemos que amadurecer para que não houvesse prejuízo para ninguém. Então, o aluno, se fizer opção pelo presencial, assiste a aula presencialmente e o que não aderiu continua na atividade remota, assistindo a aula ao vivo enquanto o professor está trabalhando em sala de aula. 
Recentemente, o Centro Universitário Campo Real anunciou a instalação de um campus em Irati. Para isto, a instituição adquiriu um imóvel onde funcionou o antigo Colégio Sagrado Coração, entre Riozinho e Engenheiro Gutierrez. Uma empreiteira foi contratada e está restaurando parte do prédio e construindo outra ala. As obras devem ser concluídas entre o final de outubro e o início de novembro. Já as aulas têm início previsto para 2021, após o término de todo o processo de habilitação dos cursos junto ao Ministério da Educação. Inicialmente, devem ser oferecidos os cursos de Administração, Biomedicina, Direito, Enfermagem e Engenharia Civil.
A obra vai de vento em popa. Já estamos trabalhando com a parte que chamamos de “recheio”, que são os móveis e equipamentos de laboratório. Também já fizemos a solicitação junto ao Ministério da Educação para credenciar a instituição, processo necessário. A partir daí, vamos aguardar os procedimentos para podermos dar início efetivamente à nossa inserção em Irati”, concluiu o reitor.
Edson Aires da Silva, reitor do Centro Universitário Campo Real. Foto: Reprodução WhatsApp