notícias

Caixa de Irati terá atendimento neste sábado

 Atendimento das 8 às 12 h será exclusivo para beneficiários do Auxílio Emergencial e FGTS
Agência da Caixa Econômica Federal de Irati. Foto: Rádio Najuá/Arquivo
A agência da Caixa Econômica Federal de Irati terá atendimento neste sábado, 8, para beneficiários do Auxílio Emergencial e do Fundo de Garantia Por Tempo de Serviço (FGTS). No total, 37 agências do Paraná funcionarão das 8 às 12 h. Em todo o País, 770 estabelecimentos estarão abertos.

A Caixa ressalta que não é preciso madrugar nas filas. Todos que chegarem durante o horário estabelecido serão atendidos. Na região, quatro agências terão atendimento. Além de Irati, as unidades que vão funcionar são de Telêmaco Borba e duas agências de Ponta Grossa nas ruas Francisco Ribas e Benjamin Constant.

A partir deste sábado, 8, pessoas nascidas de janeiro a abril poderão realizar o saque em espécie do Auxílio Emergencial. Já os trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro poderão sacar o FGTS Emergencial, conforme calendário criado para evitar aglomerações em agências e unidades lotéricas.

Os ciclos de crédito em conta e saques em espécie seguem até dezembro para o pagamento das cinco parcelas definidas pelo Governo Federal para o público do CadÚnico e para quem se cadastrou pelo App CAIXA Auxílio Emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.


Também a partir deste sábado, os trabalhadores nascidos em fevereiro que tiveram o crédito do Saque Emergencial do FGTS e que não movimentaram a conta Poupança Social Digital ou que tenham saldo remanescente já poderão sacar o benefício em dinheiro. Também será possível transferir os valores, via aplicativo CAIXA Tem, para outra conta, da CAIXA ou de outras instituições financeiras.

Na próxima segunda-feira, 10, a Caixa credita o Saque Emergencial FGTS na conta Poupança Social Digital de aproximadamente cinco milhões de trabalhadores nascidos no mês de julho.

O saque tem como objetivo o enfrentamento do estado de calamidade pública reconhecido pelo Governo Federal em razão da pandemia do novo coronavírus.