notícias

ONG Amigo Bicho intensifica campanha de adoção de animais e doação de ração

Campanha conta com a realização de um book e parcerias com empresas

Karin Franco, com reportagem de Rodrigo Zub e Paulo Sava


Foto: Divulgação
A ONG Amigo Bicho está realizando uma campanha de doação de animais e ração. Segundo a presidente da entidade, Bernadete Joffe, a campanha está sendo intensificada. “Nós estamos intensificando a campanha de doações devido à quantidade de animais que temos, machos, fêmeas, filhotes, castrados”, conta.

Atualmente são 55 animais abrigados em uma propriedade particular na BR-277, cedida pelo vereador Rogério Kuhn, após um resgate realizado em janeiro. Mais de 250 animais também estão com voluntárias do projeto. A ONG conta com 15 pessoas trabalhando internamente. “O abandono é muito grande. Não temos lugar para colocar todos os cães que são abandonados”, relata Bernadete.

Durante a campanha, empresas de Irati estão se reunindo para ajudar na divulgação dos animais que estão em doação. As empresas Pet Shop Bichos e Caprichos, jornal Folha de Irati, Click Estúdio e Manu Fotografias são algumas parceiras.

“Toda a segunda-feira nós vamos lá no abrigo, pegamos dois cães, levamos para banho, no Bichos e Caprichos, e tiramos fotos desses animais. Estamos fazendo um book desses animais para adoção”, disse a presidente da ONG Amigo Bicho.


As pessoas que desejam adotar também podem visitar os locais onde os animais estão abrigados e verificar se há identificação com algum deles. Se houver interesse, as voluntárias seguem com um processo de análise para a efetivação da adoção.

“Tem que ter muita responsabilidade na adoção. Não é um objeto que você pega e depois você descarta porque não quer mais. Temos várias restrições, tem o Termo de Adoção para que a pessoa realmente seja responsabilizada pelo animal que está levando. Se no abrigo não está bom, nós não queremos que fique em um lugar pior. Uma das coisas que priorizamos bastante é a questão de não deixar o animal acorrentado. Nós realmente acabamos não fazendo a doação”, afirmou Bernadete.

Os animais disponíveis para adoção são vira-latas. Há animais de portes pequeno (até 10 kg), médio e grande. Não há animais de raça, nem animais considerados mini.

Ração

A ONG precisa diariamente de 25 kg de ração para alimentar os animais. Algumas pessoas já estão realizando doações de ração, mas as voluntárias ainda precisam de mais donativos.

As arrecadações estão sendo feitas através do Pet Shop Bichos e Caprichos e no Atacadão das Plantas. As pessoas podem deixar o valor da ração pago e as voluntárias fazem a retirada. Há também a disponibilidade de entrar em contato pelo Messenger da página do Facebook da ONG Amigo Bicho e disponibilizar a doação.

A empresa Vib Mobile também atuará como parceira durante a campanha, oferecendo transporte gratuito e recolhimento das rações nas residências dos doadores.

Arrecadação

Com a pandemia do coronavírus, diversos eventos realizados para arrecadar recursos para a ONG não puderam ser feitos. No entanto, a ONG prepara a venda de pizzas para conseguir ter mais recursos.

As pizzas serão vendidas a R$ 15. No dia da entrega haverá pão de alho a R$ 5 e salgado tipo canudinhos a R$6. As fichas estão sendo vendidas com as voluntárias, na Agrodog e Pet Shop Bichos e Caprichos.

As pizzas deverão ser retiradas no dia 3 de julho, entre às 15 e 19h, na Paróquia São Miguel, em Irati.

Dívida

Desde janeiro, a ONG possui mais pendências. Com o resgate de animais de uma mulher que acabou falecendo, as despesas aumentaram. O valor para a manutenção saiu de pouco mais de R$ 4 mil para R$ 9 mil, onde este valor é quase todo em ração.

A ONG recebe a subvenção mensal da Prefeitura de Irati desde fevereiro, mas o valor é insuficiente. “É R$ 7 mil para procedimentos e para a ração, então nós viramos para dar as duas coisas. Se não doamos os cães, eles viverão eternamente num abrigo que não é o local adequado”, disse.

Outra dificuldade está sendo o programa Nota Paraná. Com a pandemia do coronavírus, o Governo do Paraná remanejou recursos e o valor arrecadado nos impostos, onde parte poderia ir para ONGs, o que acabou diminuindo drasticamente esse repasse. De acordo com a presidente, antes a ONG arrecadava mais de R$9 mil, agora arrecada pouco mais de R$1 mil. São mais de 35 mil notas cadastradas no sistema.

“É um critério do Governo do Paraná que está pagando por bilhete. E parte, segundo eles, do recurso foi para a questão da área da saúde do Covid”, comenta Bernadete.

Junto a esses valores, a ONG ainda continua pagando a dívida com clínicas veterinárias, originadas de procedimentos clínicos feitos em animais resgatados. Muitos animais abandonados chegam para as voluntárias com problemas como fratura expostas, câncer e outras doenças que exigem o procedimento.

Há uma dívida antiga de R$ 70 mil e outra atual de R$ 50 mil. “Nós não temos como prever quantos cães vão entrar na clínica no mês. Então mesmo que você esteja com o orçamento estourado, não temos o dinheiro, nós vamos ter que atender aquele animal”, explica a presidente.

Informações para doações:

Telefone: (42) 9-9804-8809
Grupo no Facebook: https://www.facebook.com/groups/ongsosamigobicho/
Contas para doação de qualquer valor:
Caixa Econômica federal
Operação: 013
Agência: 0390
Conta Poupança: 11975-3
CNPJ: 06.946.226/0001-66

Sicredi
Banco: 748
Agência: 0719
Conta: 11195-6
CNPJ: 06.946.226/0001-66