notícias

Mallet, Rio Azul e Rebouças confirmam novos casos de Covid-19

Rio Azul e Rebouças tiveram um novo caso cada um e Mallet mais três moradores infectados
Foto: Imagem ilustrativa
Mais três municípios da 4ª Regional de Saúde registraram casos de coronavírus nesta sexta-feira, 3. Em Mallet foram diagnosticados mais três pacientes infectados. Já Rio Azul e Rebouças tiveram mais um morador contaminado.

Em Rio Azul, o segundo de Covid-19 foi identificado em um homem na faixa etária de 60 anos. Ele mora no interior do município e já foi contabilizado no boletim municipal da secretaria de Saúde como um caso recuperado. Segundo a Técnica de Enfermagem, Letícia Kempinski Prestupa, que participou de uma transmissão em vídeo no Facebook da prefeitura ao lado do prefeito Rodrigo Solda e da secretária de Saúde, Rosane Popovicz Schirlo, o morador já passou pelo período de isolamento. Ele realizou um teste rápido que detectou a presença de anticorpos.  Com isso, os dois rio-azulenses diagnosticados com a doença estão curados.

De acordo com Letícia, o morador tem outros problemas de saúde como diabetes, hipertensão e hipotireoidismo. Porém, ele passa bem. “Ele tem comorbidades, mas essas doenças estão controladas. Ele faz o acompanhamento certinho, medicação, então ele não teve nenhum sintoma de gravidade”, esclarece a funcionária da secretaria de Saúde.


Letícia relata que o paciente foi atendido e isolado em sua residência junto com os seus familiares por 14 dias. Conforme a Técnica em Enfermagem, o teste rápido está sendo liberado para todas as pessoas que consultaram com sintomas gripais depois do dia 11 de março. A partir dessa data, a Secretaria de Estado da Saúde (SESA) alterou o protocolo e passou a orientar os municípios para testarem essas pessoas. “Esse teste é agendado por horário para não aglomerar na secretaria”, afirma.

Nesta sexta-feira, 3, o Informe Epidemiológico da SESA transferiu um caso de coronavírus que havia sido registrado como residente em Rio Azul para União da Vitória. Letícia esclarece que essa pessoa já residiu em Rio Azul, mas atualmente tem residência fixa em outra cidade, onde estava sendo acompanhada pela equipe da saúde. “Pessoa que residiu aqui há muito tempo. Não está mais aqui, tem residência fixa em outro município e não estava sendo acompanhada pela equipe da saúde, inclusive lá no município onde ele mora estava isolado e sendo monitorado pela equipe de saúde. O que ocorreu é que o cartão SUS, ele não atualizou nesse novo município. Quando o pessoal digitou a requisição dele apareceu como residente em Rio Azul, mas na verdade ele nem passou aqui pelos nossos serviços”, explica a Técnica em Enfermagem.

No vídeo, o prefeito e a secretária de Saúde de Rio Azul solicitaram que a população cumpra as medidas de higiene como lavagem das mãos e uso de máscaras e também o distanciamento social para evitar a contaminação. “Município pequeno depende do esforço individual de cada um”, relatou Rodrigo.

Já Rosane solicitou que os pais evitem de levar crianças no mercados e bancos, por exemplo. “Não adianta nós profissionais técnicos da secretaria de Saúde estar realizando tudo dentro do que é pedido seguindo as determinações da secretaria de Estado [SESA] e 4ª Regional, aí a população faz uma festa, um churrasco e acaba saindo um pouco dessas medidas”, disse a secretária.

Rebouças registra 5º caso de Covid-19

Em Rebouças foi diagnosticado o quinto caso de coronavírus. Os quatro primeiros já estão recuperados.

De acordo com a secretária de Saúde, Tânia Selhorst, o paciente é um homem na faixa etária de 40 a 45 anos, que teve sintomas leves como tosse, fraqueza, dor muscular, dispnéia, calafrios e dor de garganta. Ele mora na área urbana. “Foi coletado [o material], em seguida colocado em quarentena e o exame dele saiu ontem à noite [quinta-feira, 2], mas ele já estava em quarentena todo esse tempo provavelmente fim de semana já deve receber alta e passa bem”, afirma Tânia.

O Técnico da Vigilância Epidemiológica, Aguinaldo Hurbik, diz que todos as pessoas do ambiente familiar do quinto morador infectado em Rebouças passam bem.  “O paciente está bem há mais de três dias sem sintomas desses relatados [pela secretária] que fez ele procurar o sistema de saúde. A investigação epidemiológica está verificando o caminho percorrido para identificar de onde pode ter vindo a infecção, mas está fechando que ele se contaminou em outra cidade e veio contaminado para a nossa cidade”.

Aguinaldo alerta para a importância das pessoas utilizaram a máscara corretamente evitando de colocá-la no pescoço ou com o nariz para fora. Conforme o funcionário da secretaria de Saúde, a máscara é uma barreira física que impede a proliferação de qualquer vírus.

Em Rebouças, o último boletim divulgado na sexta-feira, 3, mostra que nove moradores aguardam resultado do teste laboratorial e 31 pessoas estão sendo monitoradas. 205 testes tiveram resultado negativo, sendo 110 sorológico e 95 RT-PCR.

Em Mallet já foram diagnosticados nove casos de coronavírus

Em Mallet, o boletim da secretaria Municipal de Saúde registra mais três casos de coronavírus. No total, a cidade já teve nove moradores infectados. Desses, cinco estão recuperados. Nove pessoas aguardam resultado do exame laboratorial e 34 malletenses seguem em monitoramento. Um homem morreu por complicações causadas pela Covid-19. São 152 casos descartados com resultado negativo do exame e 180 pessoas notificadas com síndromes gripais desde o início da pandemia.

Teixeira Soares, Fernandes Pinheiro e Inácio Martins

Em Teixeira Soares, nenhum caso novo de coronavírus foi diagnosticado nesta sexta-feira, 3. Até agora, o município teve sete infectados. Uma mulher morreu, quatro pessoas se recuperaram e duas estão em isolamento domiciliar. Seis teixeira-soarenses aguardam resultado do teste, 18 casos estão em monitoramento e 40 foram descartados.

Em Fernandes Pinheiro já foram diagnosticados três casos de Covid-19. Um caso permanece ativo, uma pessoa está recuperada e um homem morreu por complicações causadas pela infecção. Sete moradores aguardam resultado do teste laboratorial, 17 estão em monitoramento e 124 foram descartados, sendo 72 por critério epidemiológico e 52 tiveram resultado negativo do exame.

Já em Inácio Martins, o último boletim divulgado na quinta-feira, 2, mantém a cidade com nove registros da doença. Todos os moradores já estão recuperados. Dezessete pessoas estão sendo monitoradas e aguardam resultado do exame laboratorial. Noventa e oito martinenses já foram liberados do monitoramento. Sessenta e cinco testes foram descartados, sendo 19 testes rápidos e 46 RT-PCR.

Paraná registra mais 22 mortes

No Paraná, a SESA confirmou mais 1.840 casos e 22 mortes nesta sexta-feira, 3. No total, o Estado possui 27.864 diagnósticos positivos e 715 óbitos em decorrência da doença. São 708 pacientes internados com Covid-19. Mais 882 pessoas estão hospitalizadas aguardando resultado dos exames.
Dos paranaenses que faleceram, cinco eram mulheres e 17 homens, com idades que variam de 42 a 91 anos. Os óbitos ocorreram entre 15 de junho e 3 de julho.

Os pacientes que morreram residiam em Curitiba (4), Paranaguá (3), Arapongas (2), Cascavel (2), Janiópolis (2) e Londrina (2), Araucária, Cambé, Colombo, Matinhos, Pinhais, São José dos Pinhais e São Mateus do Sul (1). São 363 cidades com pelo menos um caso registrado no Paraná. Em 150 cidades há óbitos pela doença.

Brasil teve mais de 1 mil óbitos

O Brasil registrou 1.038 óbitos e 46.712 casos nas últimas 24 horas. No somatório, já foram computados 1.448.753 casos e 60.632 mortes. O País contabiliza 916.147 pacientes recuperados.