notícias

Iratiense diagnosticada com Covid-19 recebe alta do hospital Regional

Mulher, de 56 anos, estava em leito de enfermaria quando foi liberada. Durante período de internamento, ela permaneceu alguns dias na UTI
Moradora de Irati estava internada no Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais, em Ponta Grossa. Foto: AEN/Arquivo
Uma paciente de Irati diagnosticada com coronavírus, que estava internada em um leito de enfermaria do Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais, em Ponta Grossa, recebeu alta. Durante o período de internamento, a mulher, de 56 anos, apresentou complicações e precisou ser encaminhada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde permaneceu alguns dias.

De acordo com informações do Departamento de Vigilância Epidemiológica, três iratienses estão internados em UTIs. Um homem, de 81 anos, permanece no hospital Regional de Telêmaco Borba, na região dos Campos Gerais. Duas pessoas estão na Santa Casa de Irati, sendo um homem e uma mulher, de 61 e 84 anos, respectivamente.

Irati teve mais quatro casos de Covid-19 diagnósticos nesta sexta-feira, 24. Foram duas mulheres e dois homens contaminados. Dois infectados possuem entre 30 e 39 anos e um são enquadrados nas faixas etárias de 20 e 29 anos e 40 e 49 anos. Desta forma, a cidade soma 114 pessoas infectadas desde o início da pandemia. Por sua vez, mais nove iratienses se recuperaram. Com isso, Irati registra 90 moradores curados. O número de pessoas em isolamento domiciliar reduziu para 19. Já a quantidade de casos em investigação aguardando resultado do exame subiu para 118. Dois iratienses morreram por complicações causadas pela infecção.

No total, são 58 mulheres e 56 homens contaminados desde março. A maioria dos casos está concentrada na faixa etária entre 30 e 39 anos com 27 registros. Vinte e quatro pessoas com idades entre 40 e 49 anos contraíram a doença. Mais 20 casos foram registrados em pessoas entre 20 e 29 anos. Foram 12 infectados entre 50 e 59 anos e dez nas faixas etárias entre 10 e 19 anos e 60 e 69 anos. Sete crianças foram diagnosticadas com a doença, sendo três entre 0 e 5 anos e quatro entre 6 e 9 anos. Mais quatro idosos foram infectados, sendo dois entre 70 e 79 anos e dois acima de 80 anos.