notícias

Imbituva registra três pacientes internados com coronavírus

Três imbituvenses estão internados na Santa Casa de Irati aguardando resultado dos testes
Três moradores de Imbituva estão internados na Santa Casa de Irati (foto). Foto: Rádio Najuá
Três municípios da área de abrangência da 4ª Regional de Saúde confirmaram novos casos de coronavírus nesta quarta-feira, 15. Em Imbituva, mais 14 pessoas foram diagnosticadas com a doença, sendo que três pacientes estão internados. Rebouças confirmou o sétimo morador infectado. Já em Mallet foram mais três pessoas contaminadas.

Em Imbituva, os novos casos foram identificados através de testes rápidos. Os imbituvenses infectados foram cinco homens com 19, 28, 42, 54 e 78 anos, Oito mulheres de 19, 20, 22, 45, 47, 53, 65 e 78 anos, e uma criança de 6 anos. Segundo a secretaria de Saúde de Imbituva, três pessoas infectadas não têm relação com outros moradores que já foram infectados. Dos novos casos diagnosticados, 13 apresentaram sintomas leves e estão em isolamento domiciliar, assim como seus contatos. A secretaria de Saúde de Imbituva aguarda a liberação de 28 resultados de exames e registra mais 13 pessoas recuperadas.
Até o momento, seis imbituvenses estão internados, sendo que três já tiveram diagnóstico para Covid-19. Eles estão internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) dos seguintes locais:

Mulher, de 42 anos, hospital Evangélico em Curitiba;
Mulher, de 78 anos, internada inicialmente em leito de enfermaria do Hospital Bom Jesus, em Ponta Grossa, foi transferida para UTI da mesma unidade;
Homem, 58 anos, que estava inicialmente sendo monitorado em casa precisou ser conduzido para a UTI do Hospital São José, em Laranjeiras do Sul, na noite de ontem, 14.

Mais três imbituvenses estão internados e aguardam resultado de exames. Eles estão na Santa Casa de Irati, sendo dois em leitos de UTI (homem, de 69 anos, e mulher, de 61 anos) e um homem, de 55 anos, em leito de enfermaria.

No total, Imbituva já registrou 124 casos de Covid-19. Desses, 95 imbituvenses se recuperaram da doença, 28 permanecem em isolamento domiciliar e um óbito foi registrado.
Boletim Epidemiológico da secretaria de Saúde de Imbituva divulgado nesta quarta-feira, 15. Foto: Divulgação
Rebouças confirma 7º caso de Covid-19
Em Rebouças, a secretaria Municipal de Saúde confirmou na manhã de hoje, 15, que uma jovem na faixa etária entre 25 e 30 anos, que reside na área urbana, foi infectada. Esse foi o sétimo caso de coronavírus registrado em Rebouças desde o início da pandemia. A cidade tem cinco pacientes recuperados.

A secretaria de Saúde de Rebouças, Tânia Selhorst, avalia que a tendência é aumentar o registro de casos de Covid-19 em função da intensificação na testagem. “A gente espera que vá aparecendo mais casos até porque agora o Estado disponibilizou para nós o teste RT-PCR, teste ouro, que é realizado para todos os sintomáticos respiratórios. Quem tem estado gripal é coletado o exame. Temos também o teste sorológico realizado nos sintomáticos e também para toda a população que teve sintomas desde março para ver se a pessoa teve contato com o vírus ou não. Existe uma grande quantidade de exames, sendo realizados todos os dias”, afirma Tânia.

A secretária solicita que as pessoas respeitem as medidas sanitárias de distanciamento social, uso de máscaras, higienização das mãos e ambientes de trabalho, além de evitar aglomerações para evitar o contágio, principalmente porque os leitos de UTI dos hospitais de referência no atendimento de Covid-19 estão lotados, ou seja, não têm vagas disponíveis. “Pedimos que todos colaborem evitando festinhas e aglomerações de pessoas, usando máscaras e fazendo a higienização porque é só isso no momento que salva, não tem medicação comprovadamente que cure”, alerta Tânia.

O responsável pela Vigilância Epidemiológica de Rebouças, Aguinaldo Hurbik, explica a diferença do teste sorológico para o exame RT-PCR. “O teste sorológico capta que a pessoa teve contato com a doença lá antigamente. A pessoa pode ter sido contaminada antes lá em março quando não tinha disponibilidade de testes. Já o PCR capta naquele momento se a pessoa está infectada. Ele não diz se a pessoa teve contato e o resultado negativo não vai dizer que ela está imunizada. O sorológico tem essa possibilidade porque nós testamos o sangue da pessoa daquele momento para trás”.

Segundo Aguinaldo, nas situações em que o paciente afirma que teve sintomas característicos da doença na semana anterior, por exemplo, a secretaria de Saúde realiza a coleta do material para identificar se ele está doente naquele momento. Além disso, o morador é isolado enquanto aguarda o resultado do teste por medida de segurança para evitar a contaminação com outras pessoas.
Mallet registra mais três casos de coronavírus
Já em Mallet foram diagnosticados mais três casos de Covid-19. Foram mais duas mulheres, de 26 e 38 anos, e um homem, de 39 anos, que testaram positivo. Conforme o boletim atualizado pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica, Mallet já registrou 29 casos de coronavírus. Dez moradores estão recuperados e dois óbitos foram registrados. O município ainda apresenta 36 moradores aguardando resultado dos testes, 73 pessoas monitoradas e 290 casos descartados. Desde março foram notificados 350 casos de síndromes gripais em Mallet.