notícias

Homem morre após ser atingido por disparo realizado pela filha

Ocorrência foi registrada no Parque Ambiental de Imbituva na noite de sábado, 25. Outra pessoa da família foi atingida por um disparo e sofreu ferimentos moderados
Homem foi baleado no Parque Ambiental de Imbituva. Foto: Escrivão Marcos Andrade
Um homem morreu depois de ser atingido por um tiro disparado pela própria filha na noite de sábado, 25, no Parque Ambiental de Imbituva. A autora do tiro, de 24 anos, foi presa pela Polícia Militar.

Os policiais foram acionados e encontraram a vítima caída no chão com um ferimento no tórax. Uma ambulância esteve no local. O médico constatou o óbito de Aliceu dos Santos, de 51 anos. Outro familiar que estava no Parque Ambiental entregou um revólver calibre 38 usado pela autora dos disparos. Ele estava com duas munições intactas e uma deflagrada. O homem que entrou em contato com a PM relatou que ele, seu irmão, a namorada dele e seus sobrinhos estavam em sua residência. De acordo com o morador, a vítima foi até o local e colocou a filha dentro de um veículo para que ela fosse para casa. Nesse momento, a mulher efetuou um tiro contra o pai. Logo depois, o morador disse que tomou a arma da autora do disparo e observou que o sobrinho saiu do carro com sangue na mão e gritando que havia sido ferido. Logo depois, ele caiu no chão desacordado. Ele foi levado para o Pronto-Socorro com ferimentos moderados.
Já a mulher foi abordada pelos policiais. Ela estava alterada e agressiva. A autora dos disparos e testemunhas foram encaminhadas para a sede do 3º Pelotão da PM, onde foi registrado o Boletim de Ocorrência. Na sequência, a mulher e a arma foram levadas para a Delegacia de Irati. Segundo informações repassadas pela PM ao portal G-1, o revólver pertencia a outro irmão da autora dos disparos. Ele não foi localizado.

O corpo da vítima deu entrada no Instituto Médico-Legal (IML) de Ponta Grossa na madrugada de domingo, 26, por volta das 5 h.