notícias

Prudentópolis confirma mais um caso de coronavírus

Cidade já registrou 26 casos de Covid-19, sendo que 12 permanecem ativos e 14 pessoas estão recuperadas

Da Redação


Boletim Epidemiológico de Covid-19 divulgado pela secretaria de Saúde de Prudentópolis na terça-feira, 30. Foto: Divulgação
A secretaria de Saúde de Prudentópolis confirmou um novo caso de coronavírus (Covid-19) nesta terça-feira, 30. O jovem, de 20 anos, reside na área urbana e apresentou sintomas leves da doença. Porém, ele já cumpriu o período de isolamento domiciliar de 14 dias quando ainda era considerado como suspeito.

O resultado positivo do teste RT-PCR analisado pelo Laboratório Central do Estado do Paraná (Lacen/PR) foi divulgado hoje, 30. Como já esteve em quarentena durante duas semanas e não apresentou mais sintomas, o prudentopolitano é considerado como um caso recuperado.


Até o momento, a secretaria de Saúde de Prudentópolis já registrou 26 casos de coronavírus. Desses, 12 casos permanecem ativos e 14 pessoas estão recuperadas. Trinta e seis moradores permanecem em investigação aguardando o resultado do exame laboratorial que será analisado pelo Lacen. 121 prudentopolitanos estão em monitoramento. Já 87 casos foram descartados com resultado negativo do exame.

O secretário de Saúde de Prudentópolis, Marcelo Hohl Mazurechen, reforça o pedido para que os moradores diagnosticados com Covid-19 e seus contatos familiares, bem como os casos suspeitos respeitem o período de isolamento domiciliar.

Em nota, secretaria de Saúde se manifestou sobre novo caso de coronavírus diagnosticado hoje, 30. Foto: Divulgação

Situação em Guamiranga e Fernandes Pinheiro

Mais dois municípios da região divulgaram boletins de coronavírus nesta terça-feira, 30. Em Guamiranga, dos quatro casos confirmados, dois permanecem ativos e dois estão recuperados. Dois moradores estão sendo monitorados, oito em investigação e 21 casos foram descartados com resultado negativo do exame.

Em Fernandes Pinheiro foram diagnosticados dois casos de Covid-19. Um homem morreu e uma mulher está recuperada. Cinco moradores aguardam resultado do exame laboratorial e dez estão sendo monitoradas. 120 casos foram descartados, sendo 72 por critério epidemiológico e 48 foram testados e tiveram resultado negativo do exame.

Em Fernandes Pinheiro, cinco pessoas aguardam resultado do exame laboratorial. Foto: Divulgação

Em Guamiranga, oito pessoas estão em investigação e dois casos permanecem em monitoramento. Foto: Divulgação
Paraná registra maior número de casos e mortes desde o início da pandemia

No Paraná, a Secretaria de Estado da Saúde registrou o maior número de diagnósticos positivos desde o início da pandemia. Foram contabilizados 1.536 novos casos de Covid-19 e 36 mortes nesta terça-feira, 30. Com isso, o Paraná soma 22.623 casos e 636 mortos em decorrência da infecção. 756 paranaenses estão internados com coronavírus e 852 pessoas permanecem hospitalizadas aguardando resultado do diagnóstico de Covid-19.

Todas as pessoas que morreram estavam internadas. As vítimas foram 11 mulheres e 25 homens, com idades que variam de 19 a 93 anos. Os óbitos ocorreram entre os dias 9 e 30 de junho. Seis pessoas que faleceram moravam em Curitiba, quatro em Colombo, três em Londrina, três em Toledo, duas em Campo Largo, Cascavel, Francisco Beltrão e Maringá. As outras cidades que registraram óbitos foram: Apucarana, Arapongas, Arapoti, Bela Vista do Paraíso, Califórnia, Clevelândia, Foz do Jordão, Renascença, Santa Izabel do Oeste, Santo Antônio da Platina, São Jerônimo da Serra e São José dos Pinhais. São 357 cidades paranaenses com casos registrados e 141 com óbitos.

Casos registrados no Brasil

O Brasil fechou o mês de junho com 59.656 mortes em decorrência da Covid-19. Do total, 1.271 falecimentos foram confirmados nas últimas 24 horas. No total, já foram contabilizados 1.408.485 casos de coronavírus no Brasil, sendo que 37.997 foram incluídos no levantamento de hoje, 30. Segundo o Ministério da Saúde, 552.407 brasileiros estão em acompanhamento e 790.040 já se recuperaram da doença. As informações são do portal UOL.