notícias

Mulher de 68 anos é a primeira paciente diagnosticada com Covid-19 em Guamiranga

Moradora teve dor de garganta, tosse e perda de paladar. Ela passa bem e permanece em casa recebendo acompanhamento das equipes de saúde

Da Redação


"Material coletado passa por centrifugação para ser extraído o soro para a realização do teste”, segundo a Enfermeira Neurice Rodrigues da Silva. Foto: Divulgação
O município de Guamiranga confirmou o primeiro caso de coronavírus (Covid-19) na noite de sexta-feira, 12. O diagnóstico positivo foi constatado por meio de um teste rápido. A mulher, de 68 anos, que foi infectada, está em casa sendo acompanhada pelas equipes de saúde.

Em comunicado assinado pela Enfermeira responsável pelo setor de Vigilância Epidemiológica, Neurice Rodrigues da Silva, e pela secretária de Saúde, Rosana do Nascimento Fiuza, a pasta informa que o município realizou cinco coletas de exame para identificar a presença de Covid-19 nas últimas semanas. As amostras foram encaminhadas ao Laboratório Central do Estado do Paraná (Lacen/PR). Quatro testes tiveram resultado negativo e um permanece em análise.


Todos os moradores que apresentaram sintomas respiratórios estão sendo testados. Sendo assim, 15 pessoas realizaram testes, sendo que 14 descartaram a contaminação e um teve resultado positivo. Segundo Neurice, a paciente diagnosticada com Covid-19 teve dor de garganta, tosse e perda do paladar. Ela foi testada na sexta-feira, 12. A senhora tem comorbidades, ou seja, doenças associadas, como hipertensão arterial e faz uso de medicamentos controlados.

De acordo com a Enfermeira, o resultado do teste rápido fica pronto em aproximadamente 30 minutos, pois ele é realizado do soro, componente extraído do sangue. “O material coletado passa por centrifugação para ser extraído o soro para a realização do teste”, explica Neurice.

Em virtude do primeiro caso confirmado, a secretaria de Saúde de Guamiranga reforça a necessidade de todos cumprirem as medidas de prevenção, como manter distanciamento social, isolamento domiciliar, uso de máscaras e álcool gel.

Situação na 4ª Regional de Saúde

Na manhã deste sábado, 13, a secretaria de Saúde de Teixeira Soares também registrou o primeiro caso de coronavírus. A mulher, de 53 anos, está internada no hospital do Rocio, em Campo Largo. Com isso, todas as cidades da 4ª Regional de Saúde registraram pelo menos um caso da doença.

A maior quantidade de casos foi registrada em Imbituva com 36 registros. Desses, 35 imbituvenses se recuperaram e uma mulher, de 44 anos, morreu por complicações causadas pela infecção. Em Irati são 12 casos confirmados, sendo que sete pessoas já estão curadas. Nas outras cidades, Rebouças registrou três casos, Mallet (2), Rio Azul (1), Inácio Martins (7) e Fernandes Pinheiro (2). Desses, dois reboucenses, dois malletenses e seis martinenses já estão curados. Até agora, a 4ª Regional registra duas mortes. Os pacientes residiam em Imbituva e Fernandes Pinheiro. Esses dados foram registrados até 10 h deste sábado, 13.