notícias

Jovem assina Termo Circunstanciado por porte de drogas em Irati

Rapaz portava um cigarro de maconha no momento que foi abordado. Outra quantidade de drogas foi encontrada em sua residência

Foto: Arquivo Najuá
Da redação

Um jovem, de 20 anos, assinou Termo Circunstanciado por porte de drogas na noite de sexta-feira, 26, na Vila Matilde, em Irati.

De acordo com a Polícia Militar, uma equipe da Rotam abordou o rapaz na Rua Luiz Orreda. Na ocasião, os policiais encontraram um cigarro de maconha, que estava em um dos bolsos da calça do jovem. Ele relatou que tinha mais uma quantidade de drogas para consumo em sua residência.

Em busca domiciliar, os policiais encontraram mais uma bucha com três gramas de cocaína e um invólucro com 25 gramas de maconha, que estavam em cima de uma mesa. A equipe do canil da Guarda Municipal auxiliou nas buscas dentro e fora da residência.

Os entorpecentes foram apreendidos e encaminhados para a Delegacia. O jovem foi encaminhado até a sede da 8ª Cia para assinar o Termo Circunstanciado.


Ameaça

Em outra ocorrência, já na madrugada deste sábado, 27, um homem tentou arrombar a porta da residência de sua ex-mulher, localizada na Rua Ignácio Muchom, no Jardim das Américas, em Irati. Segundo relato da vítima, o homem chegou ao local dizendo que pretendia visitar os filhos. Por conta do horário, ela pediu que ele retornasse na manhã seguinte. Porém, ele começou a dar chutes na porta para tentar entrar e ameaçou atear fogo na casa.


O autor da ameaça fugiu para uma mata próxima. Policiais realizaram buscas, mas não conseguiram encontrá-lo.

Cumprimento de mandado judicial

Em Ipiranga, a Polícia Militar cumpriu um mandado judicial durante patrulhamento na Rua Prefeito Antônio Constante de Oliveira, na área central. Durante abordagem, foi constatado que o homem possuía um mandado de prisão em aberto. Ele foi conduzido até a Delegacia do município.

Desentendimento

Em Inácio Martins, uma mulher se desentendeu com o marido dentro de sua residência. Ela relatou que tem uma medida protetiva contra o ex-marido, que foi abordado pela PM ainda dentro da casa. Em revista pessoal, nenhum objeto ilícito foi encontrado. Por conta da medida protetiva, o homem foi detido e conduzido para a Delegacia.