notícias

Rebouças registra 1º caso de coronavírus

Jovem, de 27 anos, está em casa recebendo acompanhamento das equipes de saúde do município

Da Redação


Primeiro caso de coronavírus foi registrado na manhã desta terça-feira, 12. Foto: Facebook da Prefeitura de Rebouças/Divulgação

O município de Rebouças confirmou o primeiro caso de coronavírus nesta terça-feira, 12. O paciente diagnosticado com a doença tem 27 anos e reside na área urbana. Ele está em casa recebendo acompanhamento das equipes de saúde do município, segundo a secretária Tânia Selhorst.

“No sábado, 9, ele apresentou tosse, febre e foi no hospital [Dona Darcy Vargas] e o hospital imediatamente nos comunicou. A vigilância foi até lá coletou material, foi enviado ao Lacen [Laboratório Central do Estado do Paraná], o qual pegamos o resultado hoje com resultado positivo. No sábado, 9, ele foi liberado para ir para casa porque não era um estágio grave. Ele estava bem e poderia ficar em casa. Ele continuou sendo acompanhado pela nossa equipe de vigilância, ele encontra-se bem ele está em isolamento social, assim como a família dele em isolamento social. É um rapaz, de 27 anos, mas ele encontra-se bem”, relata Tânia.

A secretaria Municipal de Saúde também informou que o jovem infectado esteve nas cidades de Ponta Grossa e Mallet, que já tiveram casos confirmados de coronavírus. “Ele circulou entre Ponta Grossa, Mallet, mas a gente não sabe ainda de onde contraiu, mas ele teve essas viagens que a equipe investigou e a gente está controlando. Como ele está bem, a gente fica mais tranquilo e a gente reforça os cuidados. Uso de máscaras, afastamento social, sair de casa só quando houver extrema necessidade para ir ao banco, comprar alimentos. Agora o cuidado redobrado no uso de máscara, higienização das mãos, evitar de receber visitas de fora, assim como sair para outras cidades. É um momento de todo mundo se ajudar para ver se o vírus para de circular”, recomenda.

No último boletim divulgado pela secretaria de Saúde de Rebouças na tarde de segunda-feira, 11, Rebouças tinha quatro casos suspeitos de Covid-19. No boletim, o município esclareceu que dois reboucenses haviam consultado e coletado material em um estabelecimento particular, que foi encaminhado para um laboratório particular em outra cidade. Uma pessoa está internada fora da cidade e teve o material coletado ontem, 11. Ele será enviado ao Lacen/PR. O quarto caso em investigação era justamente do jovem que teve o resultado positivo do teste.

Esse foi o quarto caso notificado de coronavírus na 4ª Regional de Saúde. Uma mulher, de 61 anos, que mora no interior de Inácio Martins, permaneceu em isolamento domiciliar e não apresentou sintomas depois de 14 dias das primeiras manifestações da doença. Por isso, ela é considerada com um caso recuperado, conforme boletim da Secretaria de Estado da Saúde (SESA).

O homem, de 60 anos, que reside no distrito do Rio Claro do Sul, no interior de Mallet, recebeu alta do hospital Regional São Camilo, em União da Vitória, nesta segunda-feira, 11. Conforme informações da reportagem do Canal 4TV, durante o período de internamento, ele não precisou de ventilação mecânica. Ele foi monitorado enquanto estava em um leito normal do hospital. Depois de ser liberado, o morador de Mallet vai permanecer em isolamento domiciliar por 14 dias. Se não apresentar sintomas da doença após esse período, ele passa a ser considerado um caso recuperado.

O último caso de Covid-19 na região foi diagnosticado em Imbituva. O morador da localidade de Mato Branco possui 59 anos e permanece em casa.