notícias

Rebouças descarta mais dois casos suspeitos de Covid-19

No mesmo dia que o município registrou o primeiro morador infectado, mais duas pessoas apresentaram resultado negativo no exame laboratorial

Rodrigo Zub


Boletim da secretaria de Saúde de Rebouças divulgado na noite desta terça-feira, 12. Foto: Divulgação
Rebouças descartou mais dois casos suspeitos de coronavírus. Com isso, o total de pessoas que apresentaram sintomas da doença, mas tiveram resultado do exame laboratorial negativo subiu para 11. O município registrou o primeiro paciente infectado nesta terça-feira, 12.

Em vídeo publicado na página da prefeitura no facebook, os representantes da secretaria de Saúde de Rebouças falaram sobre o primeiro caso positivo de Covid-19. O jovem, de 27 anos, apresentou sintomas no sábado, 9. No mesmo dia, ele procurou o hospital Dona Darcy Vargas e realizou a coleta do material genético. “Sábado, o paciente procurou o hospital com tosse, febre alta e o hospital comunicou a vigilância como é de praxe notificar. Eles coletaram o material e foi enviado ao Lacen. Isso sábado de manhã. Na mesma noite levou até Irati depois ficou na Regional e domingo chegou no Lacen. Ele permanece isolado desde sábado, assim como os familiares”, relata a secretária de Saúde, Tânia Selhorst.

Ela enfatiza que o paciente infectado não sentiu sintomas graves da doença. Por isso, não houve necessidade de hospitalizá-lo. Ele foi liberado no mesmo dia para ficar em quarentena.

O técnico da Vigilância Epidemiológica, Aguinaldo Hurbik, relata que o município descartou mais dois casos suspeitos de coronavírus. Os dois realizaram a coleta do material em estabelecimentos particulares. Nas duas situações, o resultado foi negativo para contaminação. Agora, a secretaria de Saúde aguarda o resultado do exame de um paciente que está hospitalizado e apresentou sintomas suspeitos. 


A secretaria de Saúde reforça o pedido para a população manter os cuidados de higiene pessoal, lavar as mãos, usar máscaras em ambientes coletivos e evitar aglomerações. Outras recomendações são evitar de viajar para outros municípios ou receber pessoas de fora, além de não realizar festas particulares.

“Não é porque uma pessoa está andando na rua que vai pegar o Covid-19. Para se contrair é só no contato pessoa, pessoa, saliva, secreção nasal ou da boca da pessoa”, enfatiza Aguinaldo.

Tânia afirma que a identidade da pessoa infectada não será revelada. “Não vamos crucificar a pessoa que está com Covid porque nós não podemos e não vamos falar porque é um direito do paciente e também não precisa”, salienta a secretária.

A Vigilância Epidemiológica está realizando o trabalho de identificação (mapeamento) dos cidadãos que tiveram contato com o paciente contaminado. Se algum deles apresentar sintomas também terá o material coletado para o exame.

O boletim da secretaria de Saúde de Rebouças desta terça-feira, 12, registra 19 pessoas monitoradas, 11 casos descartados, um suspeito e um confirmado de Covid-19.