notícias

Ponta Grossa tem 18 casos ativos e 25 curados de Covid-19

Município sede da 3ª Regional já registrou 43 casos da doença. Mais de 1.500 pessoas receberam a recomendação de permanecer em isolamento domiciliar

Da Redação


Boletim divulgado pela Fundação Municipal de Saúde de Ponta Grossa na terça-feira, 19. Foto: Divulgação
Ponta Grossa registrou mais dois casos de coronavírus (Covid-19) e um paciente recuperado nesta terça-feira, 19. Conforme dados atualizados pela Fundação Municipal de Saúde, o município da região dos Campos Gerais apresenta 43 pessoas diagnosticadas com a doença e 25 curados.

Desta forma, a quantidade de casos ativos é de 18. A cidade tem 1.510 moradores monitorados. Nestes casos, eles apresentaram sintomas gripais ou tiveram contato com suspeitos. Essas pessoas receberam a recomendação de ficar em isolamento e são acompanhados pelas equipes da Atenção Primária. São 358 casos descartados e três moradores suspeitos hospitalizados. Um óbito está sendo investigado e 15 descartaram contaminação por Covid-19. Até agora, ninguém morreu em decorrência de coronavírus.

No Informe Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SESA), a 3ª Regional já registrou 41 casos da doença, sendo 34 em Ponta Grossa, três em Castro, dois em Palmeira e um em Jaguariaíva e Ivaí. São 22 recuperados; 16 em Ponta Grossa, três em Castro, dois em Palmeira e um em Ivaí. São 28 investigados: Arapoti (1), Castro (1) e Ponta Grossa (26).



Guarapuava registra mais dois casos de Covid-19

Na 5ª Regional, Guarapuava notificou mais dois casos de coronavírus. Com isso, a cidade subiu para 19 infectados, conforme o boletim da secretaria Municipal de Saúde. Os dados da SESA apresentam duas notificações a menos. Em relação ao número de recuperados, os boletins não apresentam divergências e mostram 12 pacientes curados. As informações do município ainda revelam que sete pessoas aguardam resultado do exame laboratorial, 154 pessoas estão sendo monitoradas em isolamento domiciliar, 492 guarapuavanos foram liberados da quarentena e 425 tiveram resultado negativo nos testes realizados. A 5ª Regional ainda contabiliza um caso ativo em Laranjeiras do Sul e dois recuperados no Pinhão. São 16 moradores dos municípios da 5ª Regional aguardando resultado do exame laboratorial, sendo 13 de Guarapuava, dois de Pitanga e um de Prudentópolis.

Boletim da secretaria Municipal de Saúde de Guarapuava. Foto: Divulgação
Dados da secretaria de Saúde de Prudentópolis. Foto: Divulgação


Paula Freitas também confirma mais duas pessoas infectadas

A 6ª Regional confirmou mais dois casos em Paula Freitas. Com a atualização são nove infectados em União da Vitória, três em Paula Freitas e dois em General Carneiro, que já se recuperaram da doença. União da Vitória ainda contabiliza sete pacientes recuperados, 17 suspeitos e 164 descartados. No boletim da SESA, União da Vitória tem quatro casos em investigação.

Em Paula Freitas, três pessoas foram diagnosticadas com coronavírus. Foto: Divulgação

Paraná chega a 130 mortes da doença

No Paraná já foram notificados 2.480 casos e 130 mortes por coronavírus. Somente hoje, 19, foram registrados 120 novos casos e três óbitos, sendo um homem de Rio Negro, de 55 anos, e duas mulheres, de 82 e 70 anos, que residiam em Londrina e Siqueira Campos. Os três estavam internados. Subiu para 184 o número de cidades com casos registrados. Em 47 municípios foram registrados óbitos. A taxa de letalidade é de 5,3%. A quantidade de recuperados é de 1.526 (61,5% do total de casos confirmados). São 168 pessoas internadas no Estado com coronavírus. Dessas 94 estão em enfermarias e 74 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Brasil registra 1.179 óbitos em 24 horas

Até a noite de hoje, 19, foram registradas 17.983 mortes e 271.885 casos confirmados da doença no Brasil. O País é o terceiro no mundo com o maior número de casos confirmados da doença, atrás de Estados Unidos e Rússia. Segundo o Ministério da Saúde, 106.794 pessoas se recuperaram da doença.

Os 1.179 óbitos registrados nas últimas 24 horas não significam que todas estas pessoas morreram neste período, mas sim que as mortes foram oficializadas como relacionadas à Covid-19. Ainda que o Ministério da Saúde divulgue o total de mortes todos os dias, o número está sempre desatualizado porque os resultados dos exames demoram a sair. Há casos em que uma morte causada pela doença demora até 50 dias para entrar nas estatísticas do governo, conforme apurado pelo portal UOL.