notícias

Moradora de Rio Azul cai em golpe em site de compra e venda de veículos

Vítima chegou a transferir R$ 12 mil para conta bancária dos estelionatários

Foto: Ilustração
Da redação


Uma moradora de Rio Azul foi vítima de um golpe ao acessar um site de compra e venda de veículos. O fato foi registrado pela Polícia Militar (PM) nesta sexta-feira, 29.

A mulher relatou aos policiais que acessou o site e tinha interesse em adquirir um automóvel Gol. Ela chegou a transferir o valor de R$ 12 mil para a conta dos estelionatários. Quando percebeu que se tratava de uma fraude, ela procurou a PM e foi orientada a procurar a Delegacia.

Acidente

Ainda em Rio Azul, um homem foi atropelado por uma motocicleta enquanto transitava em uma estrada rural nas proximidades da igreja da comunidade de Charqueada. Após atingir o pedestre, o motociclista fugiu do local. A vítima foi levada por terceiros até o Hospital São Francisco de Assis.

Ameaça


Policiais da 8ª Cia também registraram duas situações de ameaça. Em Rebouças, um homem foi ameaçado dentro de sua residência pelo próprio irmão. O fato ocorreu na localidade de Água Quente dos Luz. O autor da ameaça, que estava embriagado, tentou agredir a vítima e fugiu em seguida. O homem ameaçado disse que essa situação já ocorreu outras vezes. Ele foi orientado sobre as providências a serem adotadas.

Em Imbituva, uma mulher informou que foi ameaçada pela vizinha, com quem vem tendo desentendimentos há muito tempo. A autora das ameaças informou que o fato ocorreu porque a vizinha havia lavado a calçada e a água teria parado em frente à sua casa. Ambas foram encaminhadas para o 3º Pelotão, onde assinaram o Termo Circunstanciado.

Em outra ocorrência, uma mulher informou que estava se deslocando para outra cidade quando seu ex-marido foi até a Rodoviária para ameaçá-la. Quando os policiais chegaram, ela disse que não tinha interesse na representação, pois poderia perder seu ônibus, mas afirmou que pretende procurar a Polícia Civil para ações posteriores. A mulher informou que o autor estaria escondido nos fundos da Rodoviária.

O homem, que estava bastante alterado, foi abordado e relatou que estava na “brisa” e sofrendo muito por causa da ex-mulher. Como não portava objetos ilícitos e a mulher não manifestou interesse na representação, ele foi liberado.



Perturbação de sossego

A PM também atendeu casos de perturbação de sossego. Em uma das ocorrências, um morador informou que, na casa de seu sobrinho, estava acontecendo muita algazarra, barulho e aglomeração de pessoas desde a noite de quinta-feira, 28, até a manhã de ontem, 29. Os policiais estiveram no local e encontraram diversas pessoas consumindo bebidas alcoólicas em frente à residência. Todos foram orientados para deixarem o local e retornarem as suas residências. O proprietário do imóvel foi encaminhado para a sede do 3º Pelotão para assinar o Termo Circunstanciado. Em seguida, ele foi liberado.

Em outra situação, um homem informou que sua vizinha dos fundos estava com som alto, perturbando seu sossego. A PM foi até o local e constatou que o volume estava apenas moderado. A mulher foi orientada a desligar o som, ordem que foi imediatamente obedecida. Não houve interesse na representação criminal.