notícias

Irati tem cinco casos de coronavírus em investigação

Os cinco moradores tiveram amostras de sangue coletadas e aguardam resultado do exame. Até essa sexta-feira, 8, município não teve casos confirmados da doença

Da Redação


Boletim Epidemiológico da Secretaria de Saúde de Irati divulgado na sexta-feira, 8. Foto: Divulgação
Cinco pessoas aguardam resultado do exame laboratorial de coronavírus em Irati. A cidade continua sem casos confirmados da doença, segundo o boletim do Departamento de Vigilância Epidemiológica divulgado na tarde desta sexta-feira, 8.

Foram notificados 167 casos de síndromes gripais que receberam atendimento médico. Desses, 92 foram descartados por critério Clínico-Epidemiológico. Nesta condição, as pessoas não apresentam sintomas de Síndrome Respiratória Aguda Grave e nem histórico de viagem ou de contato próximo com caso confirmado laboratorialmente. Setenta e cinco moradores realizaram testes, sendo que 70 tiveram resultado negativo. Esses cinco iratienses tiveram amostras de sangue coletadas, mas aguardam resultado do exame. Neste caso, eles tiveram sintomas de Síndrome Respiratória Aguda Grave ou que pudessem ser considerados suspeitos de contaminação por outros critérios, como histórico de viagem ou de contato próximo com caso confirmado laboratorialmente. Os resultados ficam prontos no prazo de uma semana dependendo da demanda. Os testes são feitos pelo Laboratório Central do Paraná (Lacen/PR) ou outros Laboratórios credenciados.

No Informe Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SESA) divulgado hoje, 8, Irati conta um caso em investigação.


Rebouças não tem casos suspeitos

Em Rebouças, o último boletim divulgado pela secretária de Saúde na quinta-feira, 7, mostra que nove casos foram descartados e três moradores estão sendo monitorados. O município não tem nenhum paciente considerado suspeito.

Fernandes Pinheiro realiza adaptações nos atendimentos eletivos em virtude da Covid-19 

Em Fernandes Pinheiro, a secretaria de Saúde informa que não há casos suspeitos ou em análise. Cinco munícipes foram identificados com síndrome gripal.

Em vídeo gravado na página do Facebook da prefeitura, a secretária de Saúde, Emanuelle de Matos, disse que o município realizou algumas adaptações nos atendimentos eletivos. Os postos de apoio das comunidades de Bituva dos Lúcios, Bituva das Campinas, Bituva dos Machados e Assungui recebem a equipe de enfermagem uma vez na semana. “A equipe de enfermagem vai nos dias que anteriormente o médico fazia o atendimento. Os atendimentos são feitos pela equipe de enfermagem trazidos até a equipe médica para ver se há necessidade de trazer o paciente para a unidade ou necessidade de uma visita domiciliar”, relata a secretária.

Munícipes que estão em suas residências e apresentam sintomas de coronavírus devem entrar em contato por telefone com Agentes Comunitários de Saúde (ACS), equipes de enfermagem ou com funcionários da secretaria de saúde para agendar atendimento em casa. “Assim encaminharemos o contato e a pessoa responsável para atendimento. Não se assuste e não crie pânico se tiver só um sintoma. Ressaltamos que apenas os sintomas mais graves devem ser atendidos nas unidades básicas de saúde. Nossa equipe está treinada, preparada e tem conhecimento para atender consultas eletivas e a pandemia do coronavírus”, ressalta Emanuelle.

Boletim da Covid-19 de Fernandes Pinheiro mostra que não há casos suspeitos no município. Foto: Divulgação

4ª Regional registrou dois casos de coronavírus nesta semana

Na 4ª Regional de Saúde de Irati foram notificados dois casos de coronavírus nesta semana. A moradora de Inácio Martins, de 61 anos, que foi infectada passou a ser considerada como um caso recuperado, conforme a SESA. 

De acordo com informações da secretaria de Saúde de Inácio Martins, a mulher apresentou os primeiros sintomas de coronavírus no dia 18 de abril. Ela realizou a coleta de amostra de sangue no dia 26 de abril na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Batel, em Guarapuava. O resultado do exame foi positivo para Covid-19. O chefe da 4ª Regional, Walter Trevisan, afirma que a moradora de Inácio Martins deve permanecer em observação nos próximos dias.

O segundo paciente infectado na região tem 60 anos e reside no distrito de Rio Claro do Sul, em Mallet. Ele permanece internado no hospital Regional São Camilo, em União da Vitória.

O homem passou pela cidade de Governador Valladares/MG e retornou para Mallet no dia 18 de abril. O paciente apresentou dificuldades para respirar no dia 2 de maio. Depois disso, o homem, que é paciente cardiológico, procurou seu médico em União da Vitória para uma consulta de rotina. Logo depois, ele foi internado no hospital com suspeita de pneumonia. Na terça-feira, 5, foi realizada a coleta de amostra de sangue do morador de Mallet. O resultado do teste do Lacen foi positivo.

Ponta Grossa tem 21 pessoas infectadas

Na 3ª Regional de Saúde, o número de infectados subiu para 21 em Ponta Grossa. Castro tem mais três notificações, Palmeira duas e Ivaí uma. Em Ponta Grossa são nove casos recuperados e Palmeira e Castro dois. Ponta Grossa tem seis pessoas em investigação e Castro três.

Guarapuava apresenta divergências nos dados estaduais e municipais

Na 5ª Regional de Saúde, Guarapuava tem 15 casos confirmados, sete curados e quatro em investigação no boletim da SESA. Uma notificação de Guarapuava que havia sido registrada em 27 de abril foi retirada, pois estava em duplicidade, conforme o Informe Epidemiológico estadual.

Porém, o boletim da secretaria de Saúde de Guarapuava aponta 16 pessoas infectadas e um óbito, que foi descartado pela SESA. Os dados do município ainda apresentam 356 casos descartados com resultado negativo do exame, 159 pessoas estão em isolamento domiciliar e 403 liberados para o convívio social. Vinte e cinco guarapuavanos aguardam resultado do exame laboratorial.

Boletim da secretaria de Saúde de Guarapuava. Foto: Divulgação
Casos em outros municípios da região

No Pinhão, os dois pacientes infectados já se recuperaram. Prudentópolis, que também pertence a 5ª Regional de Guarapuava, possui três casos em investigação aguardando resultado do exame laboratorial, conforme boletim divulgado na quinta-feira, 7, pela secretaria de Saúde. Além disso são 17 casos descartados com resultado negativo do exame e 11 pessoas que permanecem em seus domicílios em isolamento, pois apresentaram sintomas da Covid-19. No boletim da SESA, Prudentópolis aparece com dois pacientes em investigação. Já Cantagalo e Pitanga contam com um morador aguardando resultado do exame.

Na 6ª Regional, União da Vitória apresenta 126 casos descartados, 16 suspeitos e sete pessoas curadas após serem identificadas com Covid-19. Nove pessoas estão sendo investigadas na 6ª Regional, sendo seis em União da Vitória, duas em General Carneiro e uma em Cruz Machado.

União da Vitória tem 16 casos suspeitos de coronavírus. Foto: Divulgação
Paraná registra mais 55 casos e dois óbitos

No Paraná foram contabilizados mais 55 casos e dois óbitos nesta sexta-feira, 8. Uma das vítimas residia em Guaíra e a outra em Curitiba. Eles tinham 85 e 60 anos, respectivamente. Com a atualização dos dados, o Estado passou para 1.771 pessoas afetadas pela doença e 106 mortes.

Curitiba tem o maior número, são 28 óbitos. Londrina registrou 14, Maringá (6), Campo Mourão, Cascavel e Paranavaí têm quatro óbitos em decorrência da doença. Fazenda Rio Grande e Guaíra registram três vítimas. Em Apucarana, Campo Largo, Foz do Iguaçu, Ivaiporã, Paranaguá e Pinhais foram duas mortes em cada cidade.

Outros 28 municípios registram um óbito cada: Arapongas, Araruna, Bandeirantes, Cambé, Campina da Lagoa, Campina Grande do Sul, Cianorte, Guairacá, Iretama, Jussara, Manoel Ribas, Mirador, Pato Branco, Primeiro de Maio, Quatiguá, Ribeirão do Pinhal, Santa Fé, Santa Mônica, Santo Antônio do Caiuá, São João do Caiuá, São João do Ivaí, São José dos Pinhais, Siqueira Campos, Tamboara, Terra Boa, Umuarama, Uraí e Verê. São 140 cidades paranaenses com confirmações e casos de coronavírus. O número de recuperados no Estado é de 1.210 (70,7% do total de infectados). São 692 paranaenses curados no interior do Estado e 518 em Curitiba. São 127 pessoas internadas, sendo 69 em enfermarias e 58 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs). A taxa de letalidade da doença (ou seja, a relação entre mortes por casos confirmados) é de 6,2%. A média de idade dos casos confirmados é de 45,4 anos. Já a de óbitos é de 67,6 anos. O Paraná notificou 887 mulheres (52%) e 824 homens (48%) com a doença. São 33 mortes de mulheres e 73 de homens, o que corresponde a 31 e 69%, respectivamente.

Brasil se aproxima de 10 mil mortes

Levantamento do portal G-1 com as secretarias estaduais de saúde mostra que foram registradas 9.992 mortes e 145.892 casos confirmados de coronavírus no Brasil até a noite desta sexta-feira, 8.