notícias

Irati instala barreira sanitária na Alameda Virgílio Moreira

Ocupantes de carros que são abordados no perímetro urbano da BR-153 têm a temperatura verificada com um termômetro digital

Rodrigo Zub, com reportagem de Jussara Harmuch


Temperatura das pessoas é verificada com um termômetro digital
A secretaria de Saúde passou a monitorar as pessoas que entram em Irati. Enfermeiros e técnicos de enfermagem fazem a aferição da temperatura de todos os ocupantes de veículos que são abordados na Alameda Virgílio Moreira, perímetro urbano da BR-153. A medida é mais uma ação adotada pela prefeitura para evitar o contágio de coronavírus (Covid-19) e foi tomada depois que foram registrados cinco novos casos da doença em Imbituva na quarta-feira, 13.

Para o prefeito Jorge Derbli, a barreira sanitária auxilia o município a fazer um controle das pessoas que estão chegando na cidade. “É feita a abordagem, medida a temperatura de cada pessoa, verifica se está com febre, vê se está entrando em Irati ou está de passagem. A partir de hoje [quarta-feira, 13] teremos o controle em todas as entradas na cidade de quem vem de Inácio Martins, Rebouças e quem vem pela BR-277, no trevo principal de Irati”, relata Derbli.

Para fiscalizar as entradas da cidade serão organizadas três equipes da prefeitura. A Guarda Municipal está prestando apoio aos funcionários da secretaria de Saúde durante a abordagem aos veículos. Segundo o Comandante Averaldo Lejambre, as pessoas abordadas vão preencher uma ficha com dados pessoais e receberão orientações quanto aos cuidados para evitar o contágio da doença.


De acordo com o enfermeiro Agostinho Basso, que coordena a sala de situação de risco de Covid-19, a pessoa que apresentar temperatura acima de 38 graus durante a aferição será encaminhada para a unidade de saúde mais próxima. Quem for abordado na Alameda Virgílio Moreira será orientado para comparecer na unidade básica de saúde, Adhemar Vieira de Araújo. Nos postos, será verificada novamente a temperatura, pois os funcionários que estão na barreira sanitária estão utilizando um termômetro digital de infravermelho. “Chegando na unidade ele vai fazer uma aferição, ali também tem o médico, enfermeiro e tudo mais. [Se apresentar] diagnóstico possível de suspeito será orientado para ficar em quarentena como manda o protocolo. Se tiver só a temperatura [acima do normal], mas está bem, ele ficará em casa. Se for de outro município retorna ao município. Se for de Irati permanece em casa e a epidemiologia vai fazer o acompanhamento entrando em contato diariamente para ver como ele está”, esclarece Agostinho.

Também será verificado o histórico da pessoa que apresentar sintomas suspeitos. “Se for suspeito de Covid-19, a gente pode até coletar o exame de PCR, que é aquele das narinas e gargantas, nasofaringe, e também segue todo o protocolo de orientação da família e o principal isolamento em quarentena em casa”, complementa o enfermeiro.

Guarda Municipal está apoiando funcionários da secretaria de Saúde na barreira sanitária. Foto: Jussara Harmuch