notícias

Guarda Municipal adverte pessoas que não usavam máscaras

Se voltarem a descumprir legislação que obriga uso de máscaras de prevenção à Covid-19, iratienses receberão multa de R$ 154,52

Da Redação


Uso de máscaras é obrigatório no Paraná. Foto: Divulgação
A Guarda Municipal abordou duas pessoas que não utilizavam máscara de proteção facial na manhã de quinta-feira, 14, em Irati. A primeira situação ocorreu na rua Munhoz da Rocha. Os agentes constaram que o homem estava sem os documentos pessoais e não sabia informar a numeração. Por isso, ele foi encaminhado para a sede da Guarda Municipal onde assinou um termo de advertência. A segunda abordagem ocorreu na rua Carlos Thoms. O homem que descumpriu a legislação municipal também foi advertido e orientado.

Em caso de reincidência, ou seja, de serem flagrados novamente sem máscaras em vias públicas, os dois homens receberão multa de R$ 154,52.

Os guardas também receberam uma denúncia que um estabelecimento estava descumprindo o decreto municipal que proíbe aglomeração de pessoas e também obriga o uso de máscara de seus frequentadores. No entanto, nenhuma irregularidade foi constatada. O proprietário foi orientado sobre as medidas de prevenção ao coronavírus.


A Guarda Municipal ressalta que está realizando várias ações de combate ao Covid-19, entre elas:

-Blitz de prevenção na entrada da cidade próximo ao entroncamento das BRs 277 e 153;

-Verificação do uso de máscara- medida obrigatória em todo Paraná;

- Fiscalização no comércio, orientando sobre as sanções aplicáveis, como advertência e multas;

- Toque de recolher fiscalizado das 21 h até às 6 h

- Orientação sobre aglomeração de pessoas em espaços públicos e privados;

Motorista sem CNH

Em Imbituva, policiais abordaram um veículo Renault Duster na rua Miguel Camargo Pedroso, no bairro Cohapar, na noite de ontem. O carro era ocupado por um homem e uma mulher. O condutor não possui habilitação. Além disso, foi constatado que ele é monitorado por tornozeleira eletrônica. Os dois ocupantes foram levados para a sede do 3º Pelotão da PM para o registro das notificações de trânsitos. O carro não tinha pendências e foi entregue a uma pessoa habilitada.

Casos de estelionato em Ivaí e Irati

Em Ivaí, uma moradora da localidade de São Roque foi vítima de estelionato na manhã de ontem. A mulher disse que dois homens chegaram em sua residência com uma caminhonete. Um deles desceu do veículo e ofereceu produtos naturais para tratamento de beleza e de doenças. Porém, a mulher não demonstrou interesse de comprar os produtos. Depois disso, o homem disse que era curandeiro e que o local apresenta “energia negativa”. Ele também relatou que poderia benzer a residência pela quantia de R$ 400.

Sozinha e com medo de que os homens invadissem sua casa, a moradora entregou R$ 200. Depois de pegar o dinheiro, o suspeito deixou o local junto com o seu companheiro. Policiais realizaram buscas, mas não encontraram os autores do fato. Segundo a PM, a forma de abordagem utilizada pelos homens para praticarem o crime coincide com os autores de um delito semelhante que foi praticado recentemente em Ivaí.

Em Irati também foi registrada uma ocorrência de estelionato. Uma mulher relatou que foi abordada por dois homens, que estavam com um jogo, onde a pessoa deveria escolher um time de futebol. A moradora disse que viu uma pessoa ganhando e resolveu apostar R$ 70. Entretanto, ela não ganhou e suspeito que se tratava de um jogo de azar, onde estava sendo enganada. Após o fato, os dois homens deixaram o local e não foram encontrados.

Família procura adolescente que saiu de casa após desentendimento com a madrasta

Ainda em Irati, um adolescente saiu da casa depois de um desentendimento com a madrasta. O pai do garoto foi até a sede do Conselho Tutelar para comunicar que seu filho Bruno Daniel Machado Chimanski, de 15 anos, saiu da residência na manhã de ontem. Em seguida, o homem registrou o desaparecimento do rapaz na sede da Guarda Municipal. Ele disse que esteve nos possíveis locais onde o filho poderia estar, mas não conseguiu encontrá-lo. O pai ainda afirmou que o menor não tem telefone.  Equipes da Guarda Municipal realizaram rondas até o término do plantão. Porém, o adolescente não foi localizado.