notícias

Caixa anuncia calendário da 2ª parcela e credita 1ª do auxílio emergencial neste sábado (16)


A partir deste sábado (16), quem ainda não recebeu a primeira parcela poderá movimentar o crédito via aplicativo ou gerar a chave para saque, mas terá de fazer isso sozinho, pois as agências não abrirão para atendimento pessoal. O autoatendimento (caixas automáticos) em Irati fica aberto das 4h às 24 horas.

Para as demais pessoas que vão receber a segunda parcela, o crédito será disponibilizado em dois calendários que levam em conta a data de nascimento do trabalhador. Um para o depósito na poupança digital da Caixa que inicia na próxima semana (20). Nesse caso, os valores poderão ser usados apenas para pagamento de contas e boletos e para compras por meio de cartão de débito virtual. O segundo calendário para o saque do auxílio em dinheiro nas agências da Caixa, que começa em 30 de maio. 


Terão direito à segunda parcela aqueles que receberam a primeira até 30 de abril. Milhões de trabalhadores fizeram o pedido, ainda aguardam a resposta e, portanto, não receberam nem a primeira parcela. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) também sancionou com vetos a lei que amplia as pessoas aptas a receberem a quantia durante o período da pandemia do coronavírus. A partir de agora, mães com menos de 18 anos poderão receber o auxílio. 

Beneficiários do Bolsa Família seguem o calendário normal. Os saques em dinheiro começam na segunda-feira (18) e ocorrerão conforme o último número do NIS (Número de Identificação Social).

NIS 1: 18 de maio NIS 2: 19 de maio NIS 3: 20 de maio NIS 4: 21 de maio NIS 5: 22 de maio NIS 6: 25 de maio NIS 7: 26 de maio NIS 8: 27 de maio NIS 9: 28 de maio NIS 0: 29 de maio.


Desde o dia 9 de abril, quando teve início o pagamento do auxílio, a quantidade de pessoas que tiveram o benefício creditado pela CAIXA já ultrapassa os  milhões, num total de R$ 35,7 bilhões, já considerando os créditos deste sábado.

No total, serão realizados 311.637 créditos em contas da CAIXA e 93.526 em contas de outros bancos.

Até o início da tarde desta quinta-feira (14), 52,6 milhões de cidadãos se cadastraram para solicitar o benefício. O site auxilio.caixa.gov.br superou a marca de 862,5 milhões de visitas e a central exclusiva 111 registra mais de 159 milhões de ligações. O aplicativo CAIXA | Auxílio Emergencial conta com 82,2 milhões de downloads e o aplicativo CAIXA Tem, para movimentação da poupança digital, ultrapassa 88 milhões de downloads.

De acordo com dados divulgados pela Dataprev em 5 de maio, somando o público dos que se inscreveram pelo app/site com os do Bolsa Família e do CadÚnico, 97 milhões de cadastros passaram por análise de elegibilidade e foram homologados pelo Ministério da Cidadania.

CAIXA Tem


Para os beneficiários que recebem o Auxílio Emergencial pela Poupança Social Digital, a CAIXA orienta que seja realizada atualização do CAIXA Tem na loja de aplicativos. Além da alternativa para saque sem cartão, a nova versão possibilita maior número de acessos simultâneos.

Essa ampliação da capacidade prevê atendimento aos usuários que não conseguem acesso imediato nos horários de maior utilização. O gerenciador de acessos (espera virtual) foi configurado para 5 mil usuários por minuto para garantir uma ótima experiência para a utilização do aplicativo. A espera média máxima é de apenas um minuto.

Saque em espécie

Os beneficiários que receberam o crédito do Auxílio Emergencial na Poupança Social Digital podem efetuar o saque  através dos caixas eletrônicos da CAIXA, nas unidades lotéricas e nos correspondentes CAIXA Aqui, de forma escalonada, de acordo com o calendário pelo mês de nascimento (divulgado acima).
  
O auxílio pode ser solicitado até o prazo de 90 dias a partir da sua publicação 04/04/2020, portanto, o prazo para requerer se encerra em julho.








Informações adicionais no auxilio.caixa.gov.br
Central de Atendimento CAIXA – 111
Central de Atendimento do Ministério da Cidadania – 121