notícias

Briga de trânsito entre caminhoneiros resulta em acidente


Motorista da carreta que tombou perdeu parte de um dos dedos da mão. Dois condutores foram apresentados na Delegacia


Da Redação, com informações da PRF


Acidente ocorreu no limite dos municípios de Candói e Guarapuava. Foto: PRF/Divulgação
Uma briga de trânsito entre dois caminhoneiros resultou em um acidente na BR-277, em Guarapuava, na tarde de domingo, 10. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os dois motoristas foram apresentados na 14ª Subdivisão Policial.

Confira o vídeo do acidente no fim do texto

Os condutores seguiam no limite entre os municípios de Candói e Guarapuava. Um deles conduzia uma carreta bitrem carregada de soja. Já o outro motorista transportava frango congelado. Em um determinado momento, os dois atravessaram a ponte sobre o Rio Campo Real pela contramão. No local é proibido realizar ultrapassagens. O passageiro de um carro que seguia logo atrás gravou parte da briga em seu celular. Ele enviou o vídeo para a Central de Comando e Controle da PRF.

Pelas imagens foi possível observar que a carreta de soja chegou a transitar pelo acostamento da faixa contrária para tentar ultrapassar a outra carreta. Porém, o motorista impedia a manobra. Logo depois, o motorista que conduzia a carreta bitrem fechou o outro caminhoneiro, que primeiro saiu da pista. Em seguida, ele tombou sobre a pista. O condutor foi encaminhado para um hospital de Guarapuava. Ele perdeu parte de um dos dedos da mão.


“A PRF apurou que a briga entre ambos começou quase 30 quilômetros antes, no município de Cantagalo, durante uma outra tentativa de ultrapassagem. Os dois envolvidos chegaram a desembarcar e a trocar agressões físicas”, informa a PRF.

Briga de trânsito resultou em acidente na BR-277. Foto: PRF/Divulgação
Após o tombamento, o trânsito no local ficou parcialmente interditado. Os veículos transitaram no sistema pare e siga. A pista foi liberada por volta das 19 horas. A ocorrência será investigada pela Polícia Civil de Guarapuava.

“A Polícia Rodoviária Federal observa que um dos princípios básicos da direção defensiva é procurar manter sempre a calma e evitar brigas no trânsito. Quem costuma responder a eventuais provocações e não tolera erros dos outros motoristas tem mais chance de se envolver em acidentes. Ao testemunhar qualquer situação de risco em rodovias federais, a principal orientação é recolher o máximo possível de informações sobre o fato e acionar a PRF, através do telefone de emergência 191”, solicita a PRF.