notícias

4ª Regional registra mais dois casos de Covid-19

Novos casos foram registrados em Imbituva e Rebouças. Secretarias de Saúde informaram que um paciente de Irati e outro de Rebouças estão recuperados

Da Redação


Rebouças registrou segundo caso de Covid-19 na sexta-feira, 22. Foto: Divulgação
Mais dois casos de coronavírus (Covid-19) foram registrados na área de abrangência da 4ª Regional de Saúde. Rebouças notificou a segunda pessoa infectada. Já em Imbituva, o número de moradores contaminados passou para 24, conforme Informe Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SESA) divulgado na tarde de ontem.

A 4ª Regional também contabiliza mais duas pessoas recuperadas. O morador do interior de Irati que foi infectado já está curado, segundo a secretaria Municipal de Saúde. “Essa pessoa passa bem e já está recuperada. Já passou a quarentena. As pessoas que estiveram com ela foram todas monitoradas, fizeram o teste e tudo foi negativo”, relatou o prefeito Jorge Derbli na tarde de sexta-feira, 22, em vídeo gravado pela secretaria de Comunicação Social.


A administração municipal parabeniza a população que está colaborando e obedecendo as determinações para evitar o contágio. “Todo mundo está usando o álcool gel, as pessoas estão usando a máscara, estão mais conscientes, não tem aglomeração, estão lavando as mãos quando chegam em casa, saem nas ruas voltam para casa e lavam as mãos. São importantes essas medidas que estamos adotando e as pessoas estão conscientes de que fazendo isso é uma prevenção para todos”, afirma Derbli.

O prefeito ainda solicita que a população não realize festas particulares e churrascos com presença de amigos e familiares. “Aglomeração, festa nem pensar, cada um em sua casa, sem inventar essas festinhas, churrasco, porque isso é muito perigoso ninguém sabe quem está e quem não está com coronavírus. Você convida alguém para vir na sua casa e não tem certeza se a pessoa está contaminada ou não. Vamos manter esses decretos que foram estabelecidos, essas normas, é um apelo que eu faço para que todos continuem desta forma”.

O boletim divulgado ontem, 22, pela secretaria Municipal de Saúde ainda mostra que a cidade tem sete iratienses em investigação. Essas pessoas tiveram amostras de sangue coletadas e aguardam resultado do exame laboratorial. No total, 248 moradores de Irati já receberam atendimento das equipes de saúde após apresentarem sintomas de síndromes gripais. 130 casos foram descartados por critério Clínico-Epidemiológico. Foram realizados 118 testes, sendo que 110 tiveram resultado negativo.

Boletim da secretaria de Saúde confirmou que paciente infectado em Irati já se recuperou da doença. Foto: Divulgação

Rebouças confirma segundo caso de Covid-19 e tem primeiro recuperado

Em Rebouças, o primeiro paciente diagnosticado com coronavírus já se recuperou. Ontem, 22, a secretaria de Saúde registrou o segundo caso da doença. O paciente infectado tem entre 40 e 45 anos. Ele já estava na lista de pessoas monitoradas, pois teve contato com o jovem que teve Covid-19 e se recuperou. Conforme a secretaria de Saúde, o morador da área urbana já estava em quarentena sem comunicação física e pessoal desde o início do monitoramento. “Quadro estável em fase final de recuperação. Ficará em quarentena mais alguns dias por recomendação da Vigilância Epidemiológica”, informou a secretaria de Saúde de Rebouças em publicação no facebook da prefeitura na manhã deste sábado, 23.

Rebouças ainda possui três pessoas que apresentaram sintomas suspeitos de Covid-19 e conta com 53 moradores em monitoramento. 16 casos foram descartados após realizarem exame laboratorial.

Secretaria de Saúde de Rebouças divulgou situação do segundo paciente infectado. Foto: Divulgação

Rio Azul zerou número de casos suspeitos

Rio Azul zerou o número de casos suspeitos de coronavírus. Três pessoas que tiveram amostras de sangue coletadas nesta semana apresentaram resultado negativo no exame laboratorial. A cidade já teve 16 testes que descartaram a contaminação e possui 13 pessoas monitoradas, de acordo com dados divulgados ontem pela secretaria de Saúde.

4ª Regional registrou 31 casos de coronavírus

Na 4ª Regional de Saúde são 31 casos de Covid-19 confirmados até a manhã de hoje, 23. Foram 24 notificações em Imbituva, duas em Mallet e Rebouças, uma em Irati, Fernandes Pinheiro e Inácio Martins. São 20 pessoas recuperadas, sendo 16 em Imbituva e uma em Mallet, Inácio Martins, Irati e Rebouças. Somente as cidades de Rio Azul, Guamiranga e Teixeira Soares ainda não tiveram pessoas infectadas com coronavírus até o momento.

Prudentópolis não tem casos de Covid-19

Outro município da região, Prudentópolis, que pertence a 5ª Regional, também não teve moradores diagnosticados com a doença. O município tem duas pessoas em investigação aguardando resultado do exame laboratorial e 33 casos descartados com resultado negativo do teste. Doze prudentopolitanos apresentaram sintomas suspeitos e estão em isolamento domiciliar e 107 permanecem em quarentena, sendo monitorados em seus domicílios.

Prudentópolis possui dois moradores em investigação. Foto: Divulgação
Paraná registra mais 129 casos e cinco mortes

No Paraná já foram registrados 2.938 casos e 146 óbitos em decorrência de Covid-19. Ontem foram contabilizados 129 casos e cinco mortes no boletim da SESA. Três homens e duas mulheres faleceram. As vítimas residiam em Jataizinho, Contenda, Londrina, Paranaguá e São José da Boa Vista. 226 pacientes estavam internados em hospitais do Paraná até ontem. Desses 133 estão em enfermarias e 90 em UTIs. 204 municípios paranaenses já registraram pelo menos um caso de coronavírus e 55 tiveram óbitos.

Brasil passa de 21 mil mortes

O Brasil atingiu ontem 21.048 mortes em decorrência do novo coronavírus, sendo 1000 somente nas últimas 24 horas. Segundo o boletim mais recente do Ministério da Saúde, o País soma 330.890 diagnósticos da doença, com a confirmação de 20.803 infectados entre quinta, 21, e sexta-feira, 22. Desta forma, o Brasil passou a Rússia em número de casos confirmados e é agora o segundo País no mundo com mais infectados. Conforme o Ministério da Saúde, 3.552 óbitos suspeitos ainda estão em investigação e 174.412 casos seguem em acompanhamento. Um total de 135.430 pacientes já se recuperou da doença.

Os números de diagnósticos e óbitos confirmados pelo governo entre um dia e outro não necessariamente ocorreram neste período. O Ministério da Saúde explica que há atrasos de até dois meses nos registros feitos pelas secretarias, provocados pela fila de testes, e que as confirmações podem refletir ocorrências desde o início da pandemia. As informações são do portal UOL.