notícias

Prefeitura de Irati libera realização de celebrações religiosas

JARDIM DA PAZ
Cultos e missas poderão ocorrer no município a partir desta quarta-feira, 22, desde que sejam cumpridas as medidas de contenção ao coronavírus

Da Redação


Anúncio da liberação da realização de atividades religiosas em Irati foi feito em vídeo gravado pelo prefeito Jorge Derbli, que aparece na filmagem ao lado do enfermeiro Agostinho Basso e da secretária de Saúde Jussara Aparecida Kublinski Hassen. Foto: Divulgação
A prefeitura de Irati liberou a realização de cultos, missas e outras atividades religiosas no município a partir desta quarta-feira, 22. O anúncio foi feito pelo prefeito Jorge Derbli em vídeo divulgado pela secretaria Municipal de Comunicação Social na noite de hoje, por volta das 21 h.

Derbli, que gravou o vídeo ao lado da Secretária de Saúde, Jussara Aparecida Kublinski Hassen e do enfermeiro Agostinho Basso, disse que as celebrações podem ocorrer desde que sejam obedecidas todas as recomendações dos decretos 125 e 136/2020, que tratam das medidas de controle ao coronavírus. Uma das principais recomendações será disponibilizar álcool em gel para todos que entrarem no estabelecimento. Além disso, os frequentadores devem usar a máscara durante todo o tempo da missa, culto ou celebração. Os responsáveis ainda deverão higienizar as maçanetas na entrada da igreja e locais onde as pessoas colocam as mãos. As pessoas que estiverem dentro da igreja devem permanecer numa distância de dois metros uma da outra.


Outro item que deve ser cumprido é a capacidade de público. Está liberado somente 40% da ocupação da igreja. “Se dentro da igreja cabem 100 pessoas somente 40 podem estar no total com o Pastor, equipe de canto, de liturgia, enfim, com todas as pessoas naquele recinto não pode ultrapassar 40%. É um assunto muito delicado eu falar em religião. Cada um tem a sua. A partir disso a gente tomou essa iniciativa que a partir de hoje, quarta-feira, dia 22 de abril, está autorizado as igrejas aquelas que lhe convier, nós não estamos pedindo para que saia cultos e missas, enfim, fica a critério de cada igreja, mas está autorizado”, explica Derbli. Segundo ele, o pedido para que as atividades religiosas fossem liberadas partiu das próprias instituições.

O prefeito ressalta que as equipes de fiscalização da prefeitura vão averiguar se as medidas de controle ao coronavírus estão sendo cumpridas. Em caso de descumprimento, a atividade religiosa será finalizada. Derbli pede o bom senso de pastores, padres e pessoas que organizam as celebrações para evitar o contato físico durante as orações.

O infrator estará sujeito a receber as seguintes sanções: advertência, multa, interdição cautelar do estabelecimento e suspensão temporária da licença de funcionamento. A multa para pessoa jurídica será de 20 Unidades de Referência Municipal (URMs). Em caso de reincidência, a penalidade poderá ser aplicada em dobro. O valor atual da URM em Irati é de R$ 77,26.