notícias

Guarapuava confirma 1ª morte por Covid-19

JARDIM DA PAZ
Em nota publicada em seu site oficial, prefeitura de Guarapuava comunicou a morte de um homem, de 68 anos, que estava internado desde domingo, 19. Testes realizados no município deram resultado positivo

Da Redação


Imagem da Lagoa das Lágrimas no centro de Guarapuava. Foto: Divulgação
Em nota publicada em seu site oficial na noite desta quarta-feira, 22, a prefeitura de Guarapuava confirmou a primeira morte em decorrência do coronavírus (Covid-19). Segundo o portal Rede Sul de Notícias, Francisco Marcondes Ramos, de 68 anos, faleceu na noite de terça-feira, 21, dois dias depois de ser internado no hospital São Vicente de Paulo. O paciente possuía comorbidades, ou seja, outras doenças associadas. Ele era diabético, cardíaco e tinha insuficiência renal, conforme o município.

A prefeitura afirmou que a vítima não esteve em regiões afetadas pelas zonas de transmissão da doença recentemente. Em live em sua página pessoal no facebook, o secretário de Saúde de Guarapuava, Celso Góes, disse que todos os testes realizados no paciente apresentaram resultado positivo. “O teste de higiene foi positivo no hospital [São Vicente] e a contraprova feita aqui na secretaria municipal de saúde, bem como também com os testes [rápidos] vindos do Ministério da Saúde também deu higiene positivo. A prova e a contraprova tiveram resultado positivo”, relatou o secretário.

Familiares e pessoas que tiveram contato com a vítima estão sendo monitorados e permanecem em isolamento. “Importante que a família e todos que entraram em contato [com a vítima], assim que receberem a ligação e a visita da secretaria Municipal de Saúde a partir de amanhã, que nos atendam para poder monitorar a todos. Todas as medidas necessárias estão sendo tomadas”, reforça Celso, que lamentou a morte do paciente e manifestou condolências a todos os familiares da vítima em nome dos profissionais da secretaria de Saúde de Guarapuava.



Segundo a prefeitura de Guarapuava, o resultado da contraprova será divulgado oficialmente a partir do exame feito no Laboratório Central do Estado do Paraná (Lacen), que é aguardado para essa quinta-feira, 23. Até o último boletim da secretaria de Estado da Saúde (SESA) divulgado às 18 h de quarta-feira, 22, o óbito de Guarapuava não constava na lista de vítimas da Covid-19 no Paraná. “Coletamos material do Swab para mandar para o Lacen. Está em Curitiba, no Lacen, esperamos que nos próximos dias saia o resultado, mas para nós com os dois testes de higiene positivo e com a clínica comprovando que tinha tudo para ser a Covid-19, então nós temos o primeiro óbito em Guarapuava da Covid-19”, relatou o secretário.

A prefeitura ressalta que o sepultamento do homem atendeu os procedimentos e normativas de segurança recomendados. “Mais uma vez, a administração municipal lamenta a morte do guarapuavano, se solidariza com família e amigos, e reforça as recomendações de distanciamento social e cumprimento das medidas definidas em decreto para controle da velocidade da propagação do novo coronavírus na cidade”, diz um trecho da nota publicada no site da prefeitura.

O boletim da secretaria de Saúde de Guarapuava divulgado às 18h30 desta quarta-feira, 22, apresenta cinco casos confirmados de coronavírus com resultado do teste positivo e um óbito. São 171 pessoas liberadas do isolamento domiciliar depois de cumprirem a quarentena de 14 dias, 268 moradores que apresentaram sintomas de síndromes gripais leves e estão sendo monitorados e 11 casos em investigação aguardando resultado do exame. O número de casos descartados com exame negativo é de 151.

Na live, o secretário esclareceu que o homem que morreu por coronavírus não foi o primeiro paciente infectado em Guarapuava, que está internado no Hospital São Vicente de Paulo desde o dia 20 de março. Ele permanece hospitalizado, mas sem alterações graves em seu estado de saúde.

Celso pede que as pessoas que tiveram sintomas da doença e já estão em isolamento domiciliar há mais de uma semana para que compareçam nas tendas colocadas em frente ao ginásio de Esportes Joaquim Prestes, o “Joaquinzão”, para realizarem os testes rápidos de Covid-19. “Teste rápido funciona melhor depois do sétimo dia. O resultado sai rápido. Demora em torno de 15 minutos, já sai com o resultado na mão resolvido o problema ou então se você for Covid positivo vai seguir as regras de isolamento doméstico como os outros”, explica.

O secretário relata que o distanciamento social ainda é o meio mais seguro de prevenir o contágio. “Respeitem o isolamento domiciliar fiquem em suas residências, se tiver que sair de casa para trabalhar ou qualquer outro motivo imprescindível, por favor, saia de máscaras, o uso de máscaras é obrigatório em Guarapuava. Lembre-se da distância segura de dois metros, principalmente nas filas de banco e lotérica. Cuide dos idosos de 60 anos ou mais. Eles devem ficar em isolamento domiciliar”, solicita Celso.