notícias

Governo Federal autoriza municípios a distribuir alimentos da merenda escolar

Em Irati, entrega deve acontecer entre o fim de abril e o início de maio


Entrega de kits da merenda escolar já teve início nas instituições de ensino estaduais, como é o caso do Colégio Antonio Xavier da Silveira, em Irati (em destaque na foto). Foto: Maria Amelia Ingles
Paulo Henrique Sava

O Governo Federal autorizou, em caráter excepcional na última semana, os municípios a fazerem a distribuição dos alimentos destinados à merenda escolar adquiridos antes da paralisação das aulas por conta da pandemia do novo coronavírus. O decreto foi publicado em diário oficial no dia 07 de abril. 

A partir de agora, as secretarias municipais de educação devem definir a forma e os critérios para distribuição dos alimentos que foram adquiridos com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Em Irati, a entrega deve ocorrer entre o fim de abril e o início de maio, assim que for concluída a distribuição das cestas básicas da Secretaria de Assistência Social. O processo terá acompanhamento do Conselho de Alimentação Escolar (CAE), de acordo com a secretária de Educação, Rita Almeida.  

Ela se reuniu na tarde de segunda-feira, 13, com a nutricionista e a engenheira de alimentos e consultora em segurança alimentar, Daniele Schlumberger. Nesta conversa, ficou definido que serão distribuídos os alimentos que já estão em estoque, da mesma maneira que o Estado vem fazendo. “O que temos em estoque não é muita coisa, mas disto nós vamos fazer os kits e distribuí-los. O nosso momento será no final do mês de abril ou começo de maio, quando terão acabado as cestas da Assistência Social. Aí entra a merenda escolar”, destacou.

De acordo com a secretária, os critérios para a entrega dos kits ainda serão definidos. Porém, ela ressalta que o objetivo da medida é atender as crianças em maior situação de vulnerabilidade, mesmo aquelas que não estejam recebendo o Bolsa Família. “Não vai ficar ninguém com fome em Irati, eu tenho certeza absoluta. Nós, enquanto merenda escolar, vamos atender nossos alunos”, comentou. 



Kits

Os kits devem ser compostos de arroz, feijão, macarrão, açúcar, bolachas, quirera e sal, que estão estocados no setor de merenda escolar da Secretaria de Educação. Verduras produzidas pela agricultura familiar de Irati serão adquiridas e distribuídas. Além disso, alimentos estocados nas escolas também serão entregues. 

“Vamos reunir tudo isto e vamos fazer como o Estado fez: as pessoas vão até a escola, mas tudo a seu tempo. Vamos dar um tempo para terminarem as cestas que a Assistência Social está distribuindo. A Assistência tem os cadastros, mas nada como as professoras para saberem quais alunos são os mais vulneráveis”, frisou. 

A Secretaria de Educação deve divulgar mais detalhes sobre a distribuição dos alimentos em breve.