notícias

Assistência Social vai entregar 2500 kits emergenciais a famílias carentes

Kits serão entregues em casa; as famílias não precisam ir até o CRAS

Da Redação, com reportagem de Paulo Sava

Foto: Divulgação

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Irati vai entregar 2.500 kits emergenciais a famílias em situação de vulnerabilidade social. As entregas se iniciam a partir desta quinta (2) e deve beneficiar famílias que estejam passando necessidades por causa da redução de ganhos diários, ocasionada pela necessidade de afastamento social relacionado ao combate à proliferação do novo coronavírus (Covid-19).

“Cada kit conterá nove itens: cinco quilos de arroz; dois quilos de feijão; dois quilos de açúcar; um litro de óleo de soja; um quilo de macarrão; um quilo de sal; dois quilos de farinha de trigo; 500 gramas de leite em pó e um pacote de bolacha maisena”, detalha a secretária Sybil Dietrich.
Segundo ela, os alimentos que serão distribuídos não fazem parte da merenda escolar. Eles foram adquiridos exclusivamente para esta ação de fornecimento dos 2.500 kits emergenciais.

As entregas prosseguem na sexta (3) e na segunda (6). Serão atendidas, prioritariamente, as famílias beneficiárias do Bolsa Família com crianças matriculadas na rede municipal de ensino e sem vínculos com escolas estaduais. Também serão contempladas as famílias beneficiárias do Bolsa Família com gestantes, idosos e nutrizes (mães que estão amamentando).


Famílias incluídas no Cadastro Único para programas sociais e que ainda aguardam inclusão no Bolsa Família serão também beneficiadas, assim como as que estão em extrema vulnerabilidade social que buscaram apoio nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) nos últimos 20 dias para inclusão no Cadastro Único para programas sociais ou que solicitaram benefícios socioassistenciais diante da redução da renda familiar.

Os kits serão entregues em casa. Portanto, não é necessário que as famílias contempladas se dirijam aos CRAS. As equipes de referência vão até as casas das famílias selecionadas, com base em critérios socioassistenciais. “A dinâmica que organizamos vai ser a entrega dos kits através da visita domiciliar. Os profissionais vão se deslocar até a residência dessas famílias para entregar o kit emergencial”, explica.

As famílias cadastradas no Bolsa Família que tenham filhos matriculados na rede estadual de ensino não receberão o Kit Emergencial da Secretaria Municipal de Assistência Social, uma vez que elas já foram contempladas recentemente com o Kit Merenda Escolar distribuído pelo Governo Estadual.