notícias

Alimentos e cobertores são furtados de residência

Autores do furto não foram localizados pela PM

Da Redação


Foto: Polícia Militar

Uma cesta básica e oito cobertores foram furtados de uma residência em Rio Azul. A ocorrência foi registrada na tarde de sábado, 11, na Vila Diva.

Uma mulher que reside na casa disse que saiu do local por volta das 17 h de sexta-feira, 10. Ao retornar na tarde do dia seguinte, ela sentiu a falta de alguns produtos alimentícios que foram doados por sua família e oito cobertores. A moradora afirmou que não tem chave ou cadeado em sua casa. A Polícia Militar foi acionada e realizou patrulhamentos, mas não localizou os suspeitos do furto.

Ainda em Rio Azul, um homem passou em frente de uma residência e ameaçou um dos moradores com um facão. A vítima relatou que já foi ameaçada outras vezes. Após o fato, o autor da ameaça seguiu para a sua casa na localidade de Lageado dos Mellos.


Em outra situação, um homem foi encaminhado ao hospital São Francisco de Assis após ter sido atingido com golpes de arma branca. Policiais estiveram na residência do autor das agressões, mas ele não foi localizado. A vítima afirmou que teve um desentendimento com o agressor. Depois disso, ele foi golpeado. Porém, ele não soube informar qual tipo de arma foi usada.

Em Teixeira Soares, um motorista de um veículo Fiat Palio realizou manobras bruscas em frente de um restaurante. A PM abordou o condutor, que apresentava sinais de embriaguez. Ele se recusou a realizar o teste do bafômetro. Além disso, ele estava com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) cassada. O automóvel foi recolhido ao pátio do Destacamento da PM por apresentar débitos na documentação. Já o motorista foi conduzido para a Delegacia de Teixeira Soares.

Em Irati, três pessoas compareceram na sede da 8ª Cia para informar que os vizinhos estavam causando perturbação de sossego em função do som alto do karaokê. O fato teria ocorrido diversas vezes. Por isso, os vizinhos decidiram registrar a ocorrência. Policiais foram até o local e abordaram uma mulher. Ela foi conduzida até a sede da 8ª Cia e assinou o Termo Circunstanciado.

Também em Irati, uma mulher relatou que seu marido chegou em casa embriagado e passou a ameaçá-la com uma faca. Policiais estiveram no local, mas o autor das ameaças já havia saído. A vítima foi orientada para comparecer na Delegacia caso tenha interesse de solicitar uma medida protetiva ou dar prosseguimento na ocorrência.