notícias

Agência do Trabalhador reabre para solicitações de seguro desemprego

JARDIM DA PAZ
Agendamento pode ser feito pessoalmente ou através dos telefones da agência


Agência do Trabalhador de Irati retomou nesta segunda-feira, 27, o agendamento para atendimento presencial de solicitações de seguro desemprego. Foto: Paulo Henrique Sava/Arquivo Najuá


Paulo Henrique Sava, com reportagem de Rodrigo Zub

A Agência do Trabalhador de Irati retomou nesta segunda-feira, 27, os atendimentos presenciais exclusivamente para quem foi demitido e precisa dar entrada no seguro-desemprego. O agendamento pode ser feito pelos telefones (42) 3423-1783 ou 2104-0080. 

Segundo o decreto, as próprias agências devem confirmar os requerimentos a serem habilitados para darem entrada no seguro desemprego. A Agência de Irati já havia iniciado este procedimento mesmo antes da publicação do decreto do Governo do Estado na semana passada. 

Algumas pessoas que tiverem dificuldades entrar em contato pelo telefone podem se dirigir até a porta da agência, na Avenida Vicente Machado, 455. 

“As pessoas que não tiverem acesso à internet não devem se preocupar com isto, pois fazemos este agendamento por telefone, mesmo porque não abrimos pela internet. Os principais canais são o telefone ou este agendamento na porta da agência”, frisou o gerente da Agência do Trabalhador de Irati, Marcelo de Ávila Francos.

As agências do trabalhador estão trabalhando exclusivamente com o seguro desemprego. As empresas que tiverem vagas de emprego devem disponibilizá-las pela internet. 

De acordo com Marcelo, aproximadamente 300 pedidos de seguro desemprego foram registrados apenas em um mês durante a pandemia do coronavírus. Apesar de ser bastante alto, este número vinha sendo registrado antes mesmo do início deste período crítico. 

“São números que já vinham surgindo em meses anteriores à pandemia. Nossa agência é considerada de porte regional porque atendemos trabalhadores de Irati, Rebouças, Rio Azul, Fernandes Pinheiro, Inácio Martins e outras cidades que possuem Agência do Trabalhador, como Mallet e Teixeira Soares. Muitas vezes somos procurados e fazemos alguns serviços no que tange ao seguro-desemprego”, pontuou. 

Nesta nova rotina, os funcionários da agência estão agendando o atendimento e recolhendo os documentos na porta da agência. A pessoa fica aguardando do lado de fora enquanto o procedimento é realizado. Por conta disso, Marcelo pede que os horários agendados sejam rigorosamente seguidos. 

“Nós preferimos adotar este sistema: a pessoa fica aguardando. Quando a documentação está correta, é um atendimento bastante rápido, não há perda de tempo. Temos pedido às pessoas que cheguem no horário marcado. Nesta segunda-feira, pudemos perceber que elas entenderam que precisa ser desta forma e estão chegando com, no máximo, cinco minutos de antecedência”, comentou. 



Os atendimentos estão sendo marcados com intervalos de 30 minutos. O Governo do Estado preconiza que, em tempos normais, os intervalos entre os atendimentos sejam de 20 minutos. 

“Estamos dando um intervalo um pouco maior até mesmo porque, em algumas situações, quando o seguro desemprego migra para um recurso, para algo que não é de costume, toma um pouco mais de tempo. Com isto, precisamos de mais tempo e até para não haver aglomerações, para continuarmos com este distanciamento social, estamos fazendo este intervalo de 30 em 30 minutos”, afirmou. 

A Agência do Trabalhador de Irati atende diariamente pessoas de outras regiões que também possuem agências, como a Região Metropolitana de Curitiba, Ponta Grossa e Guarapuava, por exemplo. No entanto, por conta da pandemia do coronavírus, moradores destes locais devem procurar atendimento em seus próprios municípios. 

“Pedimos às pessoas que moram em outros municípios que têm Agência do Trabalhador que procurem agendar na sua região. Em tempos normais, atendemos muito a Região Metropolitana de Curitiba, Guarapuava e Ponta Grossa. São cidades de maior porte, com maior número de atendentes e que têm condições, através do sistema de agendamento, de dar conta do seu público. Estamos pedindo para não haver circulação e manter o distanciamento”, finalizou.