notícias

4ª Regional de Saúde tem 58 casos descartados de Covid-19

4ª Regional é a única no Estado sem casos confirmados da doença. Paraná já registrou 26 óbitos em decorrência do coronavírus

Rodrigo Zub


Foto: Imagem ilustrativa
A 4ª Regional de Saúde tem 58 casos descartados de coronavírus após resultados dos testes realizados pelo Laboratório Central do Paraná (Lacen/PR). Os dados fazem parte do novo boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SESA) na tarde desta sexta-feira, 10. Quatro pessoas estão sendo investigadas na região, sendo três em Irati e uma em Imbituva.

Até agora, a 4ª Regional é a única do Estado que não tem caso confirmado da Covid-19. Foram descartados três casos em Fernandes Pinheiro, um em Guamiranga, sete em Imbituva, dois em Inácio Martins, 29 em Irati, um em Mallet, sete em Rebouças e Rio Azul e um em Teixeira Soares.

Nas outras cidades próximas de Irati, Prudentópolis notificou dez casos, sendo que nove foram descartados e um está em investigação. Na 5ª Regional, um caso foi confirmado em Guarapuava e um paciente teve a doença, mas já está curado no Pinhão. Conforme a secretaria de Saúde de Guarapuava, o município tem 69 casos descartados com exame negativo, seis pacientes em investigação aguardando resultado do exame, 114 pessoas monitoradas em isolamento domiciliar e 86 já liberadas do isolamento. De acordo com o boletim da SESA, a 5ª Regional tem dez casos em investigação: um em Candói, um em Foz do Jordão, dois em Guarapuava, cinco no Pinhão e um em Prudentópolis. A 3ª Regional prossegue com nove casos confirmados, sendo cinco em Ponta Grossa, dois em Castro e dois em Palmeira. Em Ponta Grossa, três pessoas estão sendo investigadas.

Já na 6ª Regional, duas pessoas foram diagnosticadas com coronavírus em União da Vitória. Uma paciente já foi curada. União da Vitória ainda tem 53 casos descartados após teste realizado pelo Lacen. Em São Mateus do Sul são dez testes com resultado negativo para Covid-19.


Paraná tem 26 óbitos e 655 casos confirmados de Covid-19

No Estado do Paraná foram confirmados 655 casos de coronavírus. Vinte e seis morreram em decorrência da doença nos municípios de Curitiba (5), Maringá e Campo Mourão (4), Londrina (3), Paranaguá (2), Cascavel, Cianorte, Santa Fé, Quatiguá, Primeiro de Maio, Campina da Lagoa e Iretama (1).  A outra vítima residia em Natal (RN). A idosa, de 83 anos, estava internada desde o dia 1º de abril no Hospital Regional do Litoral, em Paranaguá. Ela chegou a ser transferida para Natal, onde morava, de fato.

Nesta sexta-feira, 2, foram registrados 34 novos casos da doença nas cidades de Curitiba (13), Balsa Nova e Cascavel (4), Santa Fé e Araruna (3), Campo Mourão e Campo Largo (2), Goioerê, Paiçandu e Marumbi (1). Doze pessoas que moram em outros estados foram diagnosticas com o Covid-19 no Paraná. São seis pacientes de São Paulo e um em Brasília/DF, Niterói/RJ, Campinas/SP, Barra do Turvo/SP, Mafra/SC e Natal/RN.

O estado tem 199 pessoas recuperadas da Covid-19, segundo balanço da SESA. O número representa quase um terço do total de infectados.

São considerados recuperados pacientes que tiveram diagnóstico confirmado por laboratório credenciado, receberam tratamento e agora já não apresentam mais os sinais da doença.
Como critério, a secretaria trabalha com um prazo mínimo de 14 dias entre o início e o fim dos sintomas para confirmar a recuperação.

Entre os pacientes que ainda estão em tratamento, 120 estão internados, sendo 67 em unidades de terapia intensiva (UTI). Já foram descartados 5.750 casos de coronavírus no Paraná. Foram notificados 6.908 casos no Estado e 502 pessoas aguardam resultados dos exames.

Brasil tem mais de 1 mil óbitos

Até às 20 h de sexta-feira, 10, as secretarias estaduais de Saúde haviam registrado 19.922 casos confirmados do coronavírus no Brasil. São 1.074 mortes. Somente em São Paulo foram 540 vítimas. No Rio de Janeiro foram registrados 147 óbitos. Já nos outros estados são duas vítimas no Acre, 50 no Amazonas, três em Roraima, duas em Rondônia, nove no Pará, duas no Amapá, duas no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, 21 no Maranhão, sete no Piauí, 67 no Ceará, 65 no Pernambuco, 11 no Rio Grande do Norte e Paraíba, três em Alagoas, quatro no Sergipe, 20 na Bahia, oito em Goiás, 14 no Distrito Federal, 17 em Minas Gerais, oito no Espírito Santo, 18 em Santa Catarina e 15 no Rio Grande do Sul.