notícias

4ª Regional de Saúde de Irati zera casos suspeitos de Covid-19

Foram descartados 37 casos suspeitos, com base em exames, em Irati. Somando-se os nove municípios da 4ª RS, são 69 casos descartados

Da Redação


Boletim divulgado pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica mostra número de casos suspeitos de coronavírus em Irati até quarta-feira, 15. Foto: Divulgação
Dados do boletim do Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Irati, desta quarta (15), indicam que o município voltou a zerar o número de casos suspeitos de Covid-19. Não há nenhum caso em investigação e todos os exames que aguardavam resultados deram negativo.
Pelo boletim da Secretaria Municipal de Saúde, foram descartados 37 casos suspeitos, por critério laboratorial – dois a menos do que o indicado pelo Boletim da Secretaria de Estado da Saúde (SESA), divulgado às 15h de quarta (15), que aponta 35 casos descartados em Irati.

Foram descartados outros 72 casos, por critério clínico-epidemiológico. Em Irati, foram 109 casos notificados, sem nenhuma confirmação. O mesmo se mantém para os demais municípios que compõem a 4ª Regional: zero confirmações e zero casos suspeitos. A 4ª Regional continua a ser a única sem nenhuma confirmação da doença.

Foram notificados e descartados, até o momento, três casos suspeitos em Fernandes Pinheiro; um em Guamiranga; nove em Imbituva; dois em Inácio Martins; 35 – segundo a SESA – em Irati; dois em Mallet; sete em Rebouças; sete em Rio Azul e um em Teixeira Soares. O boletim da Secretaria Municipal de Irati inclui mais dois exames com resultados negativos que não constam ainda na atualização da SESA, daí a divergência.



Paraná

Mais dois óbitos foram registrados no Estado do Paraná nesta quarta-feira (15). Um deles é um paciente de 51 anos, de Ivaiporã, confirmado com a doença na quarta passada (8). A vítima foi o primeiro paciente diagnosticado na 22ª Regional que era, ao lado de Irati, até uma semana atrás, uma das duas únicas Regionais sem confirmações. A outra morte registrada nesta quarta (15) é de um paciente de 82 anos, que estava internado desde o dia 3, em Curitiba.

Foram confirmados 13 novos casos: quatro em Curitiba, um em Araucária e um em São José dos Pinhais, na 2ª Regional; quatro em Foz do Iguaçu (9ª RS); um em Maringá (15ª RS) e dois em Apucarana (16ª RS).

Ao todo, o Paraná já confirmou 816 casos, sendo 12 de pacientes de outros estados. Destes, 41 morreram – 40 do Paraná e uma vítima da cidade de Natal (RN). Das 8.301 notificações, 7.119 foram descartadas e 377 seguem em investigação.

As informações do boletim da SESA consideram apenas os casos suspeitos de Covid-19 que tiveram amostras coletadas e processadas pelo Laboratório Central (LACEN-PR) e laboratórios privados habilitados no Paraná. Somente pacientes com síndrome respiratória aguda grave (SRAG) estão sendo testados laboratorialmente.

Brasil

Pelo segundo dia consecutivo, o Ministério da Saúde registrou mais de 200 óbitos em um período de 24 horas. O Brasil é o 11º no ranking dos países com mais casos confirmados: 28.320, dos quais 3.058 (12%) foram confirmados de terça (14) para quarta (15). A taxa de letalidade está em 6,1%.
Menos de um mês depois da confirmação da primeira morte por Covid-19, em 17 de março, o Brasil tem 1.736 óbitos por Covid-19, segundo o Ministério da Saúde, em boletim divulgado às 14h de quarta (15).

Foram 204 novos óbitos desde a emissão do boletim da terça (14), um incremento de 13%. Destes, 83 ocorreram no estado de São Paulo, que já soma 778 óbitos relacionados à Covid-19. O número de casos confirmados em São Paulo já passa de 11 mil (11.043). No Rio de Janeiro, que é o segundo estado com mais casos confirmados, é quase três vezes menor que o de SP: são 3.743 diagnósticos positivos, entre eles, o do governador Wilson Witzel, que divulgou o resultado do seu exame na terça (14). No estado fluminense, ocorreram 265 mortes, também quase três vezes menos que em SP.