notícias

Unicentro utiliza bebidas alcoólicas para produzir álcool em gel

Bebidas apreendidas pela Receita Federal servem como matéria-prima do produto, distribuído nos campi da instituição e em órgãos públicos


Da Redação

Bebidas apreendidas pela Receita Federal são utilizadas para produção de álcool gel pela Unicentro. Foto: AEN
Bebidas alcoólicas apreendidas pela Receita Federal estão sendo utilizadas pela Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (Unicentro) para produção de álcool gel 70%. A transformação é feita nos laboratórios da instituição em Guarapuava. Os frascos do produto são distribuídos nos campi da instituição e em órgãos públicos municipais, estaduais e federais da região.
Professores e acadêmicos dos cursos de Química, Administração e Farmácia estão envolvidos na produção do álcool gel. Produtos como cachaça, vinho, cerveja, vodca e licor apreendidos são separados em tambores de mil litros e, em seguida, armazenados em tanques aéreos.
Depois disso, inicia-se a destilação. Inicialmente, ocorre a transformação em álcool com 40% a 50% de pureza. Depois, em outro processo, a purificação atinge 86%.
No laboratório de análises, o álcool atinge 70%, já podendo ser utilizado para limpeza. Outros produtos químicos são colocados para a produção do gel. A própria universidade envasa o produto em embalagens a granel de cinco quilos ou em vidros menores, próprios para álcool gel. Depois, o material é distribuído entre os campi e instituições parceiras.

Efeito do Coronavírus

Somente na última semana, depois do aparecimento dos primeiros casos suspeitos de coronavírus no Paraná, foram distribuídas 1,2 toneladas de álcool gel pela Agência de Inovação Tecnológica da Unicentro (Novatec), o que representa 16% de toda a produção anual. Outras três toneladas devem ser produzidas pela Novatec nos próximos 15 dias para suprir a demanda por conta da COVID-19. Em apenas duas semanas, a produção atingirá metade de toda a quantidade fabricada em 2019.
Em entrevista ao jornal Tribuna do Paraná, o diretor da Novatec, professor, Maico Taras da Cunha, conta que a agência precisou interromper a produção de álcool comum para focar no gel. “Dá para dizer que os pedidos pelo álcool 70% aumentaram 1.000%”, apontou Cunha.
A Novatec utiliza bebidas apreendidas pelas delegacias da Receita Federal do Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso para fabricação de álcool gel e líquido desde 2008. No total, a Unicentro recebe cerca de 90 toneladas de bebidas apreendidas em fiscalizações. Esta quantidade gera seis toneladas de álcool gel e cinco toneladas de álcool para limpeza. Tudo isso é utilizado dentro da universidade ou doado para unidades de saúde, escolas, delegacias, batalhões da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Detran e Defesa Civil.

Mesmo com a alta demanda, a Novatec garante que não faltará matéria-prima para a produção, uma vez que o estoque enviado pela Receita Federal será suficiente para suprir os pedidos.

Álcool gel pronto para ser distribuído entre os campi da instituição e órgãos públicos. Foto: AEN