notícias

Transiratiense retira linhas de ônibus e modifica horários do transporte coletivo



Medida terá duração até o fim do período de paralisação do comércio por conta do Coronavírus


Paulo Henrique Sava

Apenas os ônibus das linhas Riozinho e Alto da Lagoa serão mantidos em circulação nos próximos dias. Foto: Paulo Henrique Sava

A Transiratiense decidiu retirar de circulação duas linhas de ônibus e alterou os horários de outras duas para atender o transporte público de Irati. A medida deve durar até que o decreto de fechamento do comércio por conta do Coronavírus estiver em vigor.
A partir de amanhã, 25, circularão apenas dois ônibus nas linhas Riozinho e Alto da Lagoa, que atenderá também os bairros Lagoa e Rio Bonito. Os ônibus que atendem as linhas Interbairros e Lagoa-Vila São João foram retirados de circulação e voltarão assim que a quarentena termine.
Os ônibus circularão em apenas dois horários de ida e volta nos períodos da manhã, na hora do almoço e no fim da tarde. Confira:
Linha Riozinho
06:30 sai do Riozinho
07:00 - Rodoviária
07:30 - Riozinho
12:00 - Rodoviária
12:30 - Riozinho
13:00 - Rodoviária
13:30 - Riozinho
17:10 - Rodoviária
17:40 - Riozinho
18:10 - Rodoviária
18:40 – Riozinho
Os bairros Lagoa, Alto da Lagoa, e Rio bonito serão atendidos pela linha Alto da Lagoa
06:20 - Alto da Lagoa
06:55 - Rodoviária
07:20 - Alto da Lagoa
07:55 - Rodoviária
08:20 - Alto da Lagoa
11:50 - Rodoviária
12:20 - Alto da Lagoa
13:05 - Rodoviária
13:40 - Alto da Lagoa
17:00 - Rodoviária
17:45 - Alto da Lagoa
18:15 - Rodoviária
Conforme o gerente da concessionária, Sérgio Ricardo Zwar, nesta segunda e terça-feira, os ônibus chegaram a trafegar sem nenhum passageiro em alguns horários.
“Fizemos estas alterações de horários para adaptar as viagens para a demanda que se apresentou para os ônibus transportarem. Tivemos que diminuir as viagens porque, em diversas delas ontem e hoje não houve passageiros a serem transportados, então não há porque manter ônibus rodando sem ter demanda. Por esta razão, nós diminuímos vários horários e estamos mantendo uma frota mínima necessária para atender a demanda existente até que se resolva este problema e termine a quarentena à qual a nossa nação foi submetida”, frisou.
Estas medidas visam manter o transporte coletivo sem causar prejuízo maior à empresa. “O que determina as viagens é a demanda, que são os passageiros que sustentam os ônibus. Peço a compreensão de todos porque o momento é de crise e de dificuldade para todos. Eu vou ter um número de funcionários que não estão trabalhando mas receberão seus salários no início do próximo mês, então não tenho como ter gastos desnecessários neste período. Se não tem passageiros para transportar, isto não vai me gerar receita e o prejuízo acaba ficando maior”, justificou o gerente.
De acordo com Zwar, devido à baixa demanda registrada no último fim de semana, os ônibus circularão apenas de segunda a sábado, deixando de transportar passageiros aos domingos.