notícias

Sanepar inicia vistorias da rede de esgoto em Inácio Martins

Equipes vão visitar aproximadamente 700 imóveis nesse mês. Trabalho será realizado de segunda a sábado

Assessoria da Sanepar



Técnicos da Sanepar vão visitar 700 imóveis em Inácio Martins. Foto: Assessoria da Sanepar


A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) iniciou um trabalho de vistorias das redes de esgoto nas residências de Inácio Martins. A iniciativa visa conscientizar os moradores sobre a importância de aproveitar a estrutura de saneamento básico existente para melhorar as condições ambientais. As equipes vão visitar aproximadamente 700 imóveis de segunda a sábado.

O trabalho deve ser concluído no fim de março. Segundo a Sanepar, os profissionais fazem um teste com corante atóxico para saber se o imóvel está corretamente interligado à rede coletora. “Com o teste, é possível detectar irregularidades, como a ligação de calhas e coletores de água de chuva à rede de esgoto ou a ausência de caixa de gordura, por exemplo”, afirma o gerente em exercício da Sanepar, Vanderlei Pedroso. Em caso de irregularidades, os moradores serão orientados e terão o prazo de 30 dias para regularizarem a rede de esgoto.

Os técnicos responsáveis pelas vistorias utilizam uniformes e crachás de identificação. Em caso de dúvidas, a população pode entrar em contato no telefone 0800 200 0115.

O gerente da Sanepar reforça que o uso inadequado das redes coletoras pode gerar consequências e transtornos para o meio ambiente e para o próprio cliente. As ligações irregulares no sistema podem ocasionar refluxo do esgoto, principalmente em períodos de chuva, causando prejuízos materiais.
Outro risco é o transbordamento nos poços de visita, com o derrame do esgoto nas vias públicas e nas galerias de águas pluviais, potencializando a disseminação de doenças de veiculação hídrica e poluindo o meio ambiente. Além disso, o lançamento indevido de água de chuva na rede de esgoto prejudica o processo de tratamento devido ao aumento do volume de água e de carga orgânica transportado até a estação.

Objetivo das visitas é melhorar a condição ambiental das redes de esgoto. Foto: Assessoria da Sanepar
Profissionais fazem um teste com corante atóxico para saber se o imóvel está corretamente interligado à rede coletora. Foto: Assessoria da Sanepar