notícias

Rebouças instala barreira sanitária contra o Covid-19

Secretaria de Saúde e Bombeiros Comunitários/Defesa Civil estão na entrada do município, próximo à Rodoviária

Da Redação, com informações do Clayton Burgath/Portal Notícia da Região 
Barreira sanitária foi montada nas proximidades da rodoviária de Rebouças. Foto: Clayton Burgath/Notícia da Região

A Secretaria Municipal de Saúde e a equipe de Bombeiros Comunitários/Defesa Civil montaram uma barreira sanitária de prevenção ao Covid-19 (coronavírus) nas proximidades da rodoviária de Rebouças, a partir de terça (24). 
De acordo com a funcionária da secretaria de Saúde Elizabete Piani, que também é presidente da Câmara Municipal, a barreira sanitária foi instalada a partir das 8h, com apoio da Defesa Civil e os Bombeiros Comunitários. Na entrada do município, quem chega responde a um breve questionário: de onde estão vindo, de onde são, para onde vão. “Pedimos o documento e vamos passando algumas orientações. Eles têm acatado numa boa. Tivemos dificuldades com alguns caminhoneiros de fora, que acham que é alarmante o caso, mas são poucos também”, disse a servidora da Secretaria de Saúde, quanto à receptividade das pessoas frente ao bloqueio sanitário.
A barreira sanitária deve ser mantida ao longo de toda a semana. Os demais trevos de acesso à cidade também estão fechados. A partir desta quarta (25) foi intensificada a barreira para entrada e saída do município.
O agente Santos, da Defesa Civil, conta que houve uma reunião na segunda (23), com a Vigilância Sanitária e a Secretaria Municipal de Saúde, a fim de definir as ações de prevenção. Segundo ele, uma das principais finalidades da barreira é espalhar informação e conscientizar a população. “Queremos demonstrar que é um caso sério, não é uma brincadeira e pode acarretar mais dificuldades daqui para frente”, afirma.
Ainda que Rebouças seja um município de pequeno porte, com pouco menos de 15 mil habitantes, a preocupação surge em função de que muitos veículos de outros estados circulam pela BR-153 e entram e saem da cidade diariamente. Conforme o agente Santos, somente na manhã desta terça (24), passaram por ali veículos vindo de São Paulo, Mato Grosso, Rio Grande do Sul e do município de Palmas, no extremo-Sul do Paraná.
A instrução é para que as pessoas deixem as viagens para outro momento. “Agora é hora de ficar em casa. [Viagens] somente se houver necessidade: é o que temos passado. Orientamos e pedimos que seja apenas em caso de necessidade: alimentação, medicamentos, hospital”, reforça Santos.
Conforme o boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SESA) nesta quarta (24), o município de Rebouças tem cinco casos de coronavírus em investigação.
Motoristas respondem um breve questionário quando são abordados. Foto: Clayton Burgath/Portal Notícia da Região