notícias

IFPR e Unicentro suspendem aulas devido à pandemia de Covid-19

No IFPR, atividades estão suspensas, inicialmente, por 14 dias. Na Unicentro, a suspensão do calendário letivo se estende até 12 de abril

Da Redação, com informações Assessorias 
IFPR Campus Irati. Foto: Divulgação
As Comissões de Acompanhamento e Controle da Propagação do Coronavírus (Covid-19) do Instituto Federal do Paraná (IFPR) e da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) decidiram, nesta segunda (16), suspender as atividades acadêmicas nas duas instituições, em todos os campi.
Na Unicentro, a medida passou a valer a partir das 18h50 desta segunda (16), quando iniciariam as aulas do período noturno. No IFPR, a suspensão do calendário passa a vigorar a partir desta terça (17).
Em caráter de excepcionalidade, as aulas presenciais e a distância do IFPR, em todos os níveis de ensino, pesquisa e extensão – cursos técnicos, graduação e pós-graduação – estão suspensas, inicialmente, pelos próximos 14 dias. Na Unicentro, as aulas presenciais foram suspensas até o dia 12 de abril.
As datas de matrículas para novos estudantes da Unicentro foram mantidas, de acordo com os editais. Porém, o aluno ingresso deve observar a normatização específica, a fim de manter as medidas de controle de propagação do vírus.
Os Conselhos Superiores da Unicentro vão deliberar sobre as possibilidades de ensino durante o período de quarentena. Da mesma forma, deverão deliberar sobre a manutenção de atividades essenciais e serviços administrativos.
A Unicentro também vai produzir novos materiais institucionais de conscientização e promover trabalhos sobre educação em Saúde, até mesmo sobre a importância de manter o isolamento social nessas circunstâncias, para reforçar a divulgação de estratégias de combate ao Covid-19.
A Comissão de Acompanhamento e Controle da Propagação do Coronavírus da Unicentro vai avaliar, dia a dia, a evolução desse quadro. Os interessados devem se informar pelo e-mail comissao.coronavirus@unicentro.br ou acessar o hotsite www3.unicentro.br/contracoronavirus.

Quer receber notícias pelo WhatsApp?

IFPR

No Instituto Federal, além de aulas presenciais e a distância, também estão suspensas a realização e participação em congressos, simpósios, solenidades de formatura, visitas técnicas, eventos comemorativos, científicos, culturais, artísticos, esportivos e quaisquer outros que envolvam aglomeração de pessoas.
Setores administrativos da reitoria e dos demais campi farão trabalho remoto – a partir de casa – sob orientação da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progepe). Servidores de grupos de risco (idosos, diabéticos, gestantes, portadores de doenças crônicas) terão condições especiais de trabalho, nos casos em que houver necessidade de trabalho essencial.
Servidores e alunos tiveram suspensas viagens dentro do Brasil e para o exterior, por tempo indeterminado, exceto as de necessidade imperiosa. Os servidores que retornaram de viagens devem adotar trabalho remoto e regime de quarentena por 14 dias. A instituição suspendeu, por período indeterminado, o recebimento de alunos e pesquisadores de outras localidades.
Os funcionários que tiveram contato próximo com casos confirmados, prováveis ou suspeitos de Covid-19 devem buscar os órgãos de saúde pública. Os campi devem providenciar material de higiene e limpeza (álcool em gel, desinfetantes, papel toalha e outros) e orientar o uso.
Os alunos do IFPR devem se manter informados pelos canais oficiais de comunicação da instituição e manter-se em isolamento social.

Outras instituições

A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) suspendeu as aulas até o dia 28 de março. A Universidade Estadual de Londrina (UEL), até o dia 12 de abril. A Universidade Federal (UFPR) e a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) decidiram, no domingo (15), suspender as aulas por duas semanas.
Na Universidade Estadual de Maringá (UEM), o calendário dos cursos de graduação ainda não começou e o ano letivo só retorna em 4 de abril. Para os cursos de pós-graduação, as aulas estão suspensas, por tempo indeterminado. Na Universidade Estadual do Paraná (Unespar), também em Maringá, as aulas foram suspensas também por prazo indeterminado.
A Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) suspendeu o calendário letivo por 14 dias, a partir desta segunda (16). A Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila) em Foz, suspendeu aulas a partir desta terça (17) e adota expediente especial para o setor administrativo a partir de quarta (18).
A Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), em Jacarezinho, suspendeu atividades presenciais de 17 a 31 de março. Atividades letivas, aulas de programas de pós-graduação stricto sensu e especialização serão realizadas em ambiente virtual. Cursos de idiomas mantidos pela instituição também foram suspensos.
Segundo o Ministério da Saúde, há 80 casos suspeitos de Covid-19 no Paraná. Até agora, foram confirmados seis casos: cinco em Curitiba e um em Cianorte.